Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 29 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Obra da Fundação Casa ainda não começou


Bruna Gonçalves

12/03/2011 | 07:01


A construção de duas unidades da Fundação Casa em Santo André ainda não começou, embora a presidente da entidade, Berenice Giannella, tenha dito em 2 de março, em visita ao Grande ABC, que os trabalhos estavam previstos para ter início ontem.

A equipe do Diário esteve no terreno na Vila Palmares, vizinho ao CDP (Centro de Detenção Provisória), e não viu a presença de funcionários no local, onde serão erguidos dois prédios, para 56 adolescentes cada.

Procurada, a Fundação Casa não retornou até o fechamento desta edição.

 

INSATISFAÇÃO

Alguns moradores não concordam com a instalação das unidades. "Já temos o CDP, agora com a fundação vai desvalorizar ainda mais o bairro. Ficamos apreensivos e com medo de fugas. Deveria ser construído em locais afastados", sustentou o cozinheiro Gildemar Justino da Silva, 41, que mora atrás do CDP.

Para a dona de casa Alessandra Ribeiro Bezerra, 38, é indiferente. "Não vai mudar muito. Temos o CDP e agora vamos ter a Fundação Casa."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Obra da Fundação Casa ainda não começou

Bruna Gonçalves

12/03/2011 | 07:01


A construção de duas unidades da Fundação Casa em Santo André ainda não começou, embora a presidente da entidade, Berenice Giannella, tenha dito em 2 de março, em visita ao Grande ABC, que os trabalhos estavam previstos para ter início ontem.

A equipe do Diário esteve no terreno na Vila Palmares, vizinho ao CDP (Centro de Detenção Provisória), e não viu a presença de funcionários no local, onde serão erguidos dois prédios, para 56 adolescentes cada.

Procurada, a Fundação Casa não retornou até o fechamento desta edição.

 

INSATISFAÇÃO

Alguns moradores não concordam com a instalação das unidades. "Já temos o CDP, agora com a fundação vai desvalorizar ainda mais o bairro. Ficamos apreensivos e com medo de fugas. Deveria ser construído em locais afastados", sustentou o cozinheiro Gildemar Justino da Silva, 41, que mora atrás do CDP.

Para a dona de casa Alessandra Ribeiro Bezerra, 38, é indiferente. "Não vai mudar muito. Temos o CDP e agora vamos ter a Fundação Casa."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;