Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 1 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Ex-filiados abraçam o Novo e vira confusão


Raphael Rocha

08/10/2020 | 00:01


O Partido Novo no Grande ABC decidiu lançar candidaturas apenas em São Caetano, frustrando expectativa de filiados à legenda em outras cidades. Figuras que balizavam seus projetos eleitorais em cima dos ideais e identidade visual do Novo precisaram reformular o planejamento em cima da hora, até mesmo buscar outras legendas. Foi o caso de Renan Queiroz, candidato a vereador pelo PSL de São Bernardo. Queiroz estava no Novo, teve de sair de lá para manter vivo o sonho de se eleger neste ano depois que a direção estadual vetou campanhas na cidade. Mesmo no PSL, porém, não abandonou o Novo. Fez questão de colocar o 30, sigla de urna do Novo, em seu número de candidato, destacando-o e usando a cor laranja, do Novo. Mas a estratégia não foi bem aceita por quem segue no Novo. Até mesmo o prefeiturável do Novo em São Caetano, Mario Bohm, entrou na discussão, dizendo que acionou o diretório estadual do partido para avaliar o caso “e para as devidas providências, eleitorais e criminais”.

BASTIDORES

Processo
A juíza Daniela de Carvalho Duarte, da 5ª Vara Criminal de São Bernardo, declarou extinto processo movido pelo prefeito Orlando Morando (PSDB), de São Bernardo, contra o ex-prefeito Luiz Marinho (PT), em caso que remonta a 2016. À época, o petista deu entrevista dizendo que Morando havia oferecido apoio a ele, na eleição de 2012, quando tentou e conseguiu se reeleger ao Paço de São Bernardo, mas que ele, Marinho, se recusou “porque não quis discutir o tamanho do cheque”. A magistrada reconheceu que o processo está prescrito e, assim, não aplicará pena nenhuma ao petista.

Pedido
A promotora Maria Cecília Alfieri Nacle, de Ribeirão Pires, pediu à Justiça Eleitoral que a coligação Ribeirão Pires no Caminho Certo, encabeçada pelo prefeito Adler Kiko Teixeira (PSDB), seja impugnada pela presença do Avante, PMB e Republicanos. O trio realizou convenção que havia homologado candidatura própria, liderada por Lair Moura (Avante), mas desistiu de corrida solo para endossar a tentativa de reeleição do tucano. “Ocorre que o ato em questão se encontra eivado de vício, devendo ser invalidado”, considerou a promotora. O caso será analisado pela Justiça Eleitoral da cidade.

Sem PCdoB
Em Diadema, o ex-presidente da Câmara Laércio Soares (PCdoB) segue no apoio ao governo de Lauro Michels (PV), tanto que é um dos cabos eleitorais do prefeiturável escolhido pelo verde para este ano, o atual mandatário do Legislativo, Pretinho do Água Santa (DEM). Mas o fato que mais chama atenção é que nenhum candidato do PCdoB estará na eleição deste ano em Diadema. O partido não tem nomes à vereança, após anos de liderança de Laércio.

Pleito
O deputado estadual Thiago Auricchio (PL), com domicílio eleitoral em São Caetano, participou de atividade junto ao Consórcio Intermunicipal do Grande ABC e informou que solicitou ao governo paulista a abertura de crédito para os transportadores escolares da região, fortemente impactados pela crise sanitária instalada pela Covid-19. “Muitos estão sem trabalhar há seis meses, o que prejudicou severamente a renda desses trabalhadores”, discorreu.

Prestígio
A deputada federal Tabata Amaral (PDT-SP) fez live na noite de terça-feira e abordou o tema eleições municipais. Divulgou lista de candidatos a vereador que ela tem defendido neste pleito, integrantes do movimento Acredito, de renovação política. Entre os citados estavam Thiago Rocha, candidato do PSD de Santo André a uma vaga na Câmara (com direito a foto do pessedista e número de urna). No Grande ABC, João Viana (Cidadania), que tenta ser vereador em São Bernardo, também integra o movimento.

Mais candidaturas
O PCO registrou duas candidaturas às prefeituras do Grande ABC. Simone Cristina Souza, com José Albino Rodrigues Andrade, também do PCO como vice, tentará ser prefeita de Santo André. Caio Túlio, que tem como vice Aline Correa, em chapa pura, concorre em Mauá. Ao todo, são 59 prefeituráveis na região, contabilizando Dennis Ferrão (PRTB), de Santo André, que teve o registro confirmado nesta semana no TSE (Tribunal Superior Eleitoral). 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ex-filiados abraçam o Novo e vira confusão

Raphael Rocha

08/10/2020 | 00:01


O Partido Novo no Grande ABC decidiu lançar candidaturas apenas em São Caetano, frustrando expectativa de filiados à legenda em outras cidades. Figuras que balizavam seus projetos eleitorais em cima dos ideais e identidade visual do Novo precisaram reformular o planejamento em cima da hora, até mesmo buscar outras legendas. Foi o caso de Renan Queiroz, candidato a vereador pelo PSL de São Bernardo. Queiroz estava no Novo, teve de sair de lá para manter vivo o sonho de se eleger neste ano depois que a direção estadual vetou campanhas na cidade. Mesmo no PSL, porém, não abandonou o Novo. Fez questão de colocar o 30, sigla de urna do Novo, em seu número de candidato, destacando-o e usando a cor laranja, do Novo. Mas a estratégia não foi bem aceita por quem segue no Novo. Até mesmo o prefeiturável do Novo em São Caetano, Mario Bohm, entrou na discussão, dizendo que acionou o diretório estadual do partido para avaliar o caso “e para as devidas providências, eleitorais e criminais”.

BASTIDORES

Processo
A juíza Daniela de Carvalho Duarte, da 5ª Vara Criminal de São Bernardo, declarou extinto processo movido pelo prefeito Orlando Morando (PSDB), de São Bernardo, contra o ex-prefeito Luiz Marinho (PT), em caso que remonta a 2016. À época, o petista deu entrevista dizendo que Morando havia oferecido apoio a ele, na eleição de 2012, quando tentou e conseguiu se reeleger ao Paço de São Bernardo, mas que ele, Marinho, se recusou “porque não quis discutir o tamanho do cheque”. A magistrada reconheceu que o processo está prescrito e, assim, não aplicará pena nenhuma ao petista.

Pedido
A promotora Maria Cecília Alfieri Nacle, de Ribeirão Pires, pediu à Justiça Eleitoral que a coligação Ribeirão Pires no Caminho Certo, encabeçada pelo prefeito Adler Kiko Teixeira (PSDB), seja impugnada pela presença do Avante, PMB e Republicanos. O trio realizou convenção que havia homologado candidatura própria, liderada por Lair Moura (Avante), mas desistiu de corrida solo para endossar a tentativa de reeleição do tucano. “Ocorre que o ato em questão se encontra eivado de vício, devendo ser invalidado”, considerou a promotora. O caso será analisado pela Justiça Eleitoral da cidade.

Sem PCdoB
Em Diadema, o ex-presidente da Câmara Laércio Soares (PCdoB) segue no apoio ao governo de Lauro Michels (PV), tanto que é um dos cabos eleitorais do prefeiturável escolhido pelo verde para este ano, o atual mandatário do Legislativo, Pretinho do Água Santa (DEM). Mas o fato que mais chama atenção é que nenhum candidato do PCdoB estará na eleição deste ano em Diadema. O partido não tem nomes à vereança, após anos de liderança de Laércio.

Pleito
O deputado estadual Thiago Auricchio (PL), com domicílio eleitoral em São Caetano, participou de atividade junto ao Consórcio Intermunicipal do Grande ABC e informou que solicitou ao governo paulista a abertura de crédito para os transportadores escolares da região, fortemente impactados pela crise sanitária instalada pela Covid-19. “Muitos estão sem trabalhar há seis meses, o que prejudicou severamente a renda desses trabalhadores”, discorreu.

Prestígio
A deputada federal Tabata Amaral (PDT-SP) fez live na noite de terça-feira e abordou o tema eleições municipais. Divulgou lista de candidatos a vereador que ela tem defendido neste pleito, integrantes do movimento Acredito, de renovação política. Entre os citados estavam Thiago Rocha, candidato do PSD de Santo André a uma vaga na Câmara (com direito a foto do pessedista e número de urna). No Grande ABC, João Viana (Cidadania), que tenta ser vereador em São Bernardo, também integra o movimento.

Mais candidaturas
O PCO registrou duas candidaturas às prefeituras do Grande ABC. Simone Cristina Souza, com José Albino Rodrigues Andrade, também do PCO como vice, tentará ser prefeita de Santo André. Caio Túlio, que tem como vice Aline Correa, em chapa pura, concorre em Mauá. Ao todo, são 59 prefeituráveis na região, contabilizando Dennis Ferrão (PRTB), de Santo André, que teve o registro confirmado nesta semana no TSE (Tribunal Superior Eleitoral). 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;