Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 22 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Início da safra da cana reduz preços do álcool combustível


Adriana Mompean
Do Diário do Grande ABC

12/05/2005 | 08:30


O preço do litro do álcool caiu até 18% nos postos de combustível da região, de acordo com o Regran (Sindicato dos Revendedores de Combustíveis do Grande ABC). O litro, que custava entre R$ 1,19 e R$ 1,29 no final de abril, pode ser encontrado na faixa de R$ 0,99 a R$ 1,09. O principal motivo para a queda no preço do combustível é o começo da safra de cana-de-açúcar, matéria-prima do produto.

Marcos Campagnaro, presidente do Regran, estima que mais de 80% dos 480 postos da Grande ABC já praticam alguma redução do preço do litro de álcool. “Existe bastante oferta no mercado devido ao começo de safra. Acredito que os preços ficarão estabilizados até agosto, período que começa a diminuir a produção de cana-de-açúcar”, diz.

O valor do litro da gasolina também apresenta tendência de queda porque na composição do combustível há 25% de álcool anidro. “O litro da gasolina pode cair de 4% a 5%”, diz Campagnaro. O preço do litro do álcool anidro para as distribuidoras, que era de R$ 0,88669 em 8 de abril, caiu para R$ 0,70283 no último dia 6.

O diretor do Regran acredita que poucos postos da região reduziram o preço do litro da gasolina. “Os valores praticados são livres, tanto nas distribuidoras quanto nos postos. Acredito que nas próximas semanas, a tendência será de maior adesão para a queda do preço do combustível.”

Segundo Hélio Pirani Fiorin, diretor do Sincopetro (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de São Paulo), o preço do litro da gasolina já deveria ter caído para o consumidor. “A queda de preços não ocorreu na totalidade. As distribuidoras reduziram apenas R$ 0,01, que haviam aumentado na semana passada sem nenhuma explicação. É possível reduzir R$ 0,05”, diz.

Queda – No Autoposto Gastec, em Santo André, que compra das distribuidoras Esso e Petrosul, o preço do litro do álcool vem sofrendo redução há cerca de 15 dias, segundo a proprietária Rosângeli Paslar Carbonieri. No final de abril, o litro era vendido a R$ 1,199 e, na semana passada, o litro do combustível custava R$ 1,09. Nesta quarta, o consumidor que abasteceu no posto pagou R$ 0,949 o litro do álcool. “Fiz a compra na segunda-feira, recebi o produto na terça e quarta de manhã já repassamos os preços para o consumidor”, afirma.

Como percebeu que os preços estavam em queda, Rosângeli não fez muito estoque do combustível. “Assim, é possível repassar a redução com maior rapidez”, diz. Em relação a gasolina, ela afirma que a distribuidora informou que havia baixado R$ 0,01 no preço do litro da gasolina por conta da queda do álcool. O posto vendia o combustível nesta quarta por R$ 2,17.

No Autoposto Automan (bandeira Shell), em Santo André, o preço da gasolina também está em queda nos últimos 15 dias. Na semana retrasada, o litro era vendido a R$ 1,199 e passou para R$ 1,099 na última semana. Terça, foi possível reduzir o valor do litro para R$ 0,99. De acordo com funcionários, a procura pelo combustível aumentou 30% nesta quarta. Já o preço do litro da gasolina, vendido por R$ 2,09, não sofreu alterações.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Início da safra da cana reduz preços do álcool combustível

Adriana Mompean
Do Diário do Grande ABC

12/05/2005 | 08:30


O preço do litro do álcool caiu até 18% nos postos de combustível da região, de acordo com o Regran (Sindicato dos Revendedores de Combustíveis do Grande ABC). O litro, que custava entre R$ 1,19 e R$ 1,29 no final de abril, pode ser encontrado na faixa de R$ 0,99 a R$ 1,09. O principal motivo para a queda no preço do combustível é o começo da safra de cana-de-açúcar, matéria-prima do produto.

Marcos Campagnaro, presidente do Regran, estima que mais de 80% dos 480 postos da Grande ABC já praticam alguma redução do preço do litro de álcool. “Existe bastante oferta no mercado devido ao começo de safra. Acredito que os preços ficarão estabilizados até agosto, período que começa a diminuir a produção de cana-de-açúcar”, diz.

O valor do litro da gasolina também apresenta tendência de queda porque na composição do combustível há 25% de álcool anidro. “O litro da gasolina pode cair de 4% a 5%”, diz Campagnaro. O preço do litro do álcool anidro para as distribuidoras, que era de R$ 0,88669 em 8 de abril, caiu para R$ 0,70283 no último dia 6.

O diretor do Regran acredita que poucos postos da região reduziram o preço do litro da gasolina. “Os valores praticados são livres, tanto nas distribuidoras quanto nos postos. Acredito que nas próximas semanas, a tendência será de maior adesão para a queda do preço do combustível.”

Segundo Hélio Pirani Fiorin, diretor do Sincopetro (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de São Paulo), o preço do litro da gasolina já deveria ter caído para o consumidor. “A queda de preços não ocorreu na totalidade. As distribuidoras reduziram apenas R$ 0,01, que haviam aumentado na semana passada sem nenhuma explicação. É possível reduzir R$ 0,05”, diz.

Queda – No Autoposto Gastec, em Santo André, que compra das distribuidoras Esso e Petrosul, o preço do litro do álcool vem sofrendo redução há cerca de 15 dias, segundo a proprietária Rosângeli Paslar Carbonieri. No final de abril, o litro era vendido a R$ 1,199 e, na semana passada, o litro do combustível custava R$ 1,09. Nesta quarta, o consumidor que abasteceu no posto pagou R$ 0,949 o litro do álcool. “Fiz a compra na segunda-feira, recebi o produto na terça e quarta de manhã já repassamos os preços para o consumidor”, afirma.

Como percebeu que os preços estavam em queda, Rosângeli não fez muito estoque do combustível. “Assim, é possível repassar a redução com maior rapidez”, diz. Em relação a gasolina, ela afirma que a distribuidora informou que havia baixado R$ 0,01 no preço do litro da gasolina por conta da queda do álcool. O posto vendia o combustível nesta quarta por R$ 2,17.

No Autoposto Automan (bandeira Shell), em Santo André, o preço da gasolina também está em queda nos últimos 15 dias. Na semana retrasada, o litro era vendido a R$ 1,199 e passou para R$ 1,099 na última semana. Terça, foi possível reduzir o valor do litro para R$ 0,99. De acordo com funcionários, a procura pelo combustível aumentou 30% nesta quarta. Já o preço do litro da gasolina, vendido por R$ 2,09, não sofreu alterações.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;