Fechar
Publicidade

Sábado, 22 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

São Caetano perde invencibilidade diante do Mirassol

Celso Luiz/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Marcelo Toscano marcou o único gol na vitória do Leão sobre o Azulão em pleno Estádio Anacleto Campanella, na tarde de ontem


Felipe Simões
Do Diário do Grande ABC

12/03/2015 | 07:00


Não existe mais invicto no Campeonato Paulista da Série A-2. Ontem, o São Caetano, que era o último time sem derrotas, perdeu por 1 a 0 para o Mirassol, em casa, gol de Marcelo Toscano, estacionou nos 18 pontos e caiu para a terceira posição. A diferença para a líder Ferroviária aumentou para quatro.

Assim como o atacante Diogo Acosta havia previsto, o Mirassol era um adversário “chato”. Logo aos três minutos, Adriano recuperou a bola na intermediária e arriscou de fora, acertando a trave de Saulo.

Truncada, a partida tinha o São Caetano dominando as ações e o Mirassol apostava nos contra-ataques. Aos 20, após saída errada do goleiro Gatti, Wesley tentou pegar de primeira, mas errou o chute. Mesmo assim, a bola tinha o endereço do gol e foi afastada em cima da linha pela zaga do Leão.

A estratégia do time do Interior vinha dando trabalho ao São Caetano, que não conseguia praticar a linha de impedimento de forma correta. O Azulão insistiu tanto na falha que o Mirassol aproveitou. Aos 23 minutos, Adriano apareceu nas costas da zaga, brecou e jogou na área. Ermínio deixou passar para Marcelo Toscano pegar de primeira e inaugurar o placar.

O Mirassol marcava forte e dificultava o setor de criação do Azulão, que precisou da bola parada para chegar. Com 30 minutos, Xuxa cobrou escanteio na medida para Sandoval, que acertou o travessão.

Na volta do intervalo, o Azulão melhorou e começou a pressionar. Aos 26. Diogo Acosta limpou a marcação e bateu bonito, mas carimbou o travessão. Quatro minutos depois, Kleber cobrou falta no ângulo e Gatti foi buscar.

Apesar do sufoco, o Mirassol segurou o placar e chegou aos 13 pontos na Série A-2.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

São Caetano perde invencibilidade diante do Mirassol

Marcelo Toscano marcou o único gol na vitória do Leão sobre o Azulão em pleno Estádio Anacleto Campanella, na tarde de ontem

Felipe Simões
Do Diário do Grande ABC

12/03/2015 | 07:00


Não existe mais invicto no Campeonato Paulista da Série A-2. Ontem, o São Caetano, que era o último time sem derrotas, perdeu por 1 a 0 para o Mirassol, em casa, gol de Marcelo Toscano, estacionou nos 18 pontos e caiu para a terceira posição. A diferença para a líder Ferroviária aumentou para quatro.

Assim como o atacante Diogo Acosta havia previsto, o Mirassol era um adversário “chato”. Logo aos três minutos, Adriano recuperou a bola na intermediária e arriscou de fora, acertando a trave de Saulo.

Truncada, a partida tinha o São Caetano dominando as ações e o Mirassol apostava nos contra-ataques. Aos 20, após saída errada do goleiro Gatti, Wesley tentou pegar de primeira, mas errou o chute. Mesmo assim, a bola tinha o endereço do gol e foi afastada em cima da linha pela zaga do Leão.

A estratégia do time do Interior vinha dando trabalho ao São Caetano, que não conseguia praticar a linha de impedimento de forma correta. O Azulão insistiu tanto na falha que o Mirassol aproveitou. Aos 23 minutos, Adriano apareceu nas costas da zaga, brecou e jogou na área. Ermínio deixou passar para Marcelo Toscano pegar de primeira e inaugurar o placar.

O Mirassol marcava forte e dificultava o setor de criação do Azulão, que precisou da bola parada para chegar. Com 30 minutos, Xuxa cobrou escanteio na medida para Sandoval, que acertou o travessão.

Na volta do intervalo, o Azulão melhorou e começou a pressionar. Aos 26. Diogo Acosta limpou a marcação e bateu bonito, mas carimbou o travessão. Quatro minutos depois, Kleber cobrou falta no ângulo e Gatti foi buscar.

Apesar do sufoco, o Mirassol segurou o placar e chegou aos 13 pontos na Série A-2.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;