Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 22 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Rio lança pedra fundamental da vila olímpica e ganha elogio do COI


Das Agências

30/12/2010 | 07:17


Se a Fifa está preocupada com o andamento das obras para a Copa de 2014, o COI (Comitê Olímpico Internacional) parece tranquilo quanto à realização da Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro.

O presidente da entidade, o belga Jacques Rogge, participou ontem do lançamento da pedra fundamental da vila olímpica e paraolímpica e elogiou a organização. "Estou feliz porque vejo que a preparação para os Jogos Rio-2016 está indo extremamente bem", afirmou Rogge.

Para garantir a tranquilidade do dirigente, o presidente do COB (Comitê Olímpico Brasileiro), Carlos Arthur Nuzman, prometeu agilidade na construção. "Daremos início às obras da Vila Rio- 2016 em tempo recorde na história", declarou.

Localizada na Zona Oeste da cidade, ao lado do Riocentro, que é um dos locais de competição dos Jogos, a vila será construída em um espaço de 1 milhão de metros quadrados. Em sua área de residência, serão erguidos 48 prédios de 12 andares e mais de 2.800 apartamentos para abrigar 17.700 atletas.

Os apartamentos, de três e quatro quartos, acomodarão oito atletas cada. O estacionamento terá capacidade para 1.000 veículos.

Na entrada do complexo, a Praça Olímpica exibirá as tradicionais 205 bandeiras dos países participantes e terá centros comerciais, além de restaurantes e outros serviços. A Rua Carioca, de cerca de 700 m, reproduzirá as calçadas e os quiosques das praias do Rio, famosos mundialmente, e terá cafés, restaurantes, lojas de sucos e sorveterias.

O projeto inclui ainda centro de treinamento, parque e, nas proximidades, a Praia da Vila Olímpica.

A vila também terá piscina, cinema, spa, academia e business center, entre outras opções de lazer. Os apartamentos serão vendidos após o evento.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;