Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 14 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Criança morre ao comer condimento achado no lixo



29/07/2003 | 00:17


Um ensopado de frango e arroz temperados com condimento encontrado no lixo pelo desempregado José Carlos dos Santos, 49 anos, provocou a morte de uma criança de 3 anos e intoxicou outras quatro, no domingo, na avenida Suburbana, em Salvador. Santos foi preso sob acusação de negligência. As crianças foram internadas no Hospital Geral do Estado e tiveram alta na manhã da segunda-feira. Para alimentar sua família, Santos costumava pegar restos de alimentos num lixão do frigorífico Frimasa, no início da rodovia BR-324 (Salvador/Feira de Santana).


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Criança morre ao comer condimento achado no lixo


29/07/2003 | 00:17


Um ensopado de frango e arroz temperados com condimento encontrado no lixo pelo desempregado José Carlos dos Santos, 49 anos, provocou a morte de uma criança de 3 anos e intoxicou outras quatro, no domingo, na avenida Suburbana, em Salvador. Santos foi preso sob acusação de negligência. As crianças foram internadas no Hospital Geral do Estado e tiveram alta na manhã da segunda-feira. Para alimentar sua família, Santos costumava pegar restos de alimentos num lixão do frigorífico Frimasa, no início da rodovia BR-324 (Salvador/Feira de Santana).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;