Fechar
Publicidade

Domingo, 29 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Cineasta dinamarquês promete revolucionar o pornô homossexual


Da AFP

28/09/2004 | 09:49


O cineasta dinamarquês Lars von Trier, Palma de Ouro no Festival de Cannes com ‘Dancer in the Dark’ e produtor de três filmes pornográficos heterossexuais com um enfoque inovador, quer agora renovar também a especialidade de cinema homossexual com ‘Hot Men Cool Boyz’, sua primeira produção gay.

O filme, disponível somente em DVD a partir de 6 de outubro (estréia mundial), foi produzido por sua empresa, Zentropa, e realizado por Knud Versterkov, outro especialista do cinema de vanguarda, que também assina sua primeira obra pornográfica homossexual.

Lars von Trier, um dos fundadores de Dogma, um movimento cinematográfico que defendia o "esteticismo e a verdade", elaborou com outros cineastas um código semelhante para suas produções eróticas, o ‘Puzzy Power Manifesto’, para dirigir-se em primeiro lugar a um público feminino.

Os principais "dogmas" desse manifesto são "uma emoção e uma sensualidade prioritárias", um roteiro verossímil, a proibição de cenas de sexo gratuitas "em benefício de um incremento sutil do desejo" e a rejeição de toda violência.

Desde 1999, Lars von Trier produziu, de acordo com esses novos "dogmas", três filmes pornográficos heterossexuais: ‘Pink Prison’, ‘Constance’ e ‘All about Anna’.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;