Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 5 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Sto.André investe R$ 10,6 milhões em obras

Verba do Fundo Municipal do Desenvolvimento Urbano será utilizada para intervenções diversas


Daniel Macário
Do Diário do Grande ABC

19/01/2018 | 07:00


 A Prefeitura de Santo André oficializou, nesta semana, a liberação de verba, na ordem de R$ 10,6 milhões, provenientes do Fundo Municipal de Desenvolvimento Urbano, para realização de obras de infraestrutura na cidade.

Segundo a administração municipal, total de dez projetos nas áreas de Mobilidade Urbana, Esportes e Segurança foram contemplados com a medida (confira relação abaixo). A liberação de verba, por sua vez, tem ocorrido de forma gradativa desde julho do ano passado.

Dentre os projetos beneficiados está a recuperação no entorno da ponte que foi reconstruída, no ano passado, na Avenida dos Estados, próxima à Rua Augusto Ruschi. Ao todo, R$ 3,2 milhões foram empenhados no alargamento e contenção do canal do Rio Tamanduateí no local do desabamento da estrutura. Também foi realizado o alteamento da via para adequações de geometria no entorno.

Intervenções do Pait (Programa de Ação Imediata no Trânsito), que vão desde mudanças de mão de direção de vias até instalação de travessias elevadas (lombofaixas) e abertura e construção de canteiros, adequações nas ruas, avenidas e semáforos também foram contemplados com o investimento de R$ 894 mil do Fundo Municipal de Desenvolvimento Urbano.

Outra parte deste recurso foi utilizada em intervenções para supressão de risco, como é o caso da contenção de talude na Rua Mombaça (R$ 1,4 milhão), recuperação da estrutura da passarela Luso Brasileira – Américo Pinto Serra (R$ 1.050 milhão) e recuperação do viaduto da Avenida Dom Jorge Marcos de Oliveira (R$ 290 mil), todas com obras em andamento.

 

PRÓXIMAS

Dentre as intervenções a serem executadas estão as adequações em próprios públicos (R$ 1,015 milhão), com recursos para a reforma do prédio do CIC (Centro Integrado de Cidadania), que abrigará o 6º DP 24 horas, e a conclusão do Centro Integrado de Reabilitação, no bairro Campestre, com aporte de R$ 790 mil.

Outros dois prédios públicos serão reformados com verba do montante nas ruas Ibirá e Curupaití e na Rua Xavier de Toledo (R$ 320 mil) para permitir a alocação da 1ª Cia do 41º Batalhão, bem como da sede do Procon para a via central, o que representará montante economizado com aluguel na ordem de R$ 12 mil mensais.

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;