Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 5 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

PT de Santo André expõe fissura em apoio a candidaturas

Bancada da legenda na cidade já avisa que não há suporte exclusivo à dobrada Eduardo e Turco


Fábio Martins
do Diário do Grande ABC

04/01/2018 | 07:00


A derrota acachapante do PT de Santo André na eleição majoritária de 2016 vai ecoar no pleito do ano que vem. As principais figuras do partido vão expor divisão de apoios a candidaturas de deputado. A postura se dará ainda como rescaldo do revés de dois anos atrás, refletindo-se na campanha, a primeira depois do resultado negativo. No município, até agora, dois nomes se colocam como postulantes: o vereador Eduardo Leite (a federal) e o deputado Luiz Turco (à reeleição na Assembleia Legislativa). A dobrada local, no entanto, não tem adesão sequer da bancada de vereadores da cidade.

Parte dos parlamentares demonstrou insatisfação com a falta de atenção do então prefeito Carlos Grana (PT) durante a empreitada. Alguns aliados, por sua vez, falavam em dedicação da administração para o pleito de Willians Bezerra (PT) a vereador. Willians sustentou “empenho total para a campanha de Turco”, sem mencionar quadros a federal. “Objetivo principal é a reeleição de Turco, estamos focado nisso. O resto é secundário”, alegou, ao afirmar que as conversas com Eduardo Leite “não andaram”.

Líder da bancada no Legislativo, Alemão Duarte (PT) sinalizou que o suporte de seu grupo tende a ser para o deputado estadual Teonílio Barba (PT), à reeleição, e possivelmente para o presidente nacional da CUT (Central Única dos Trabalhadores), Vagner Freitas, nome a federal. “Tenho relação com o Barba desde 1985, não só na Volkswagen. Dei apoio para ele na eleição passada (em 2014) e devo trabalhar novamente pela reeleição, mas não vou atrapalhar as outras (candidaturas).”

A vereadora Bete Siraque (PT) já indicou que irá aderir à campanha do marido, o ex-parlamentar Vanderlei Siraque (PCdoB), candidato a estadual, além de fracionar o apoio a federal entre Eduardo Leite e Alexandre Padilha, ex-ministro da Saúde. “O Eduardo é companheiro e o Padilha, quando ministro do Lula, contribuiu bastante com Santo André. Acredito que será muito útil na Câmara Federal.”

Luiz Alberto (PT) sustentou que “não tem conversa com ninguém”. “Vou me reunir nos próximos dias para tratar sobre essa situação”, emendou. Há informações, contudo, que parte do grupo sugeriu proposta para que o próprio vereador entre na disputa, possivelmente para estadual. Já almoçou algumas vezes e tem sido assediado neste sentido pelo ex-secretário de Governo andreense Mário Maurici de Moraes (PT), candidato a estadual. Além dele, o ex-presidente nacional do petismo Rui Falcão, pleiteante a federal, também busca elo.

Falcão terá apoio declarado do ex-vereador Tiago Nogueira, que, para estadual, trabalhará pela candidatura de José Américo (PT). Ex-prefeito, João Avamileno (PT) deve aderir à campanha de Alencar Santana (PT) a federal. Como candidato, Eduardo Leite deve procurar diversas dobradas no Estado, mas não foi localizado para comentar o cenário.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;