Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 31 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Dilma ataca Serra 'elitista'



23/08/2010 | 07:24


Depois de ser definida pelo programa de TV do PSDB como candidata sem experiência e que só "enrola", Dilma Rousseff (PT) elevou ontem o tom contra o adversário José Serra. Dilma acusou o tucano de ter "visão elitista" do povo e de adotar o oportunismo eleitoral ao tentar grudar sua imagem à do presidente Lula após fazer oposição em dois mandatos.

Na esteira da nova onda de violência registrada sábado no Rio de Janeiro, quando bandidos invadiram um hotel de luxo em São Conrado, a petista também fustigou a proposta de Serra de criar o Ministério da Segurança. Dilma disse que a polícia do século 21 tem de ser "mais eficiente e menos corrupta", criticou a divisão de secretarias que tratam do assunto em São Paulo e duvidou da eficácia de mais um ministério, com outra estocada em Serra.

Para ela, o tucano não conseguiu combater o crime organizado quando era governador e pode até estar "copiando" suas propostas. "Quem usa a imagem do presidente Lula, porque ele está com a popularidade alta, tem uma visão elitista do povo. Uma visão que acha que o povo acredita em quem foi contra Lula durante oito anos de mandato e em quem, na campanha de 2002, incentivou a teoria do medo", afirmou a petista.

Sem esconder a contrariedade, Dilma chegou a soltar um "pelo amor de Deus!" ao observar que Serra alfineta Lula de manhã e à tarde, "discorda de tudo" e, à noite, aparece ao lado dele. Era uma referência à polêmica propaganda do horário eleitoral gratuito do tucano, na qual o ex-governador e o presidente são apresentados como "dois homens que têm história, dois líderes experientes".

"Não acredito que o nosso povo seja ingênuo, incapaz de ter uma visão crítica", insistiu Dilma. "Acho que o povo entende direitinho o que acontece." Mesmo sem citar o nome de Serra e o escândalo do Mensalão, em 2005, a candidata não deixou dúvidas sobre o que falava. "Se o povo não entendesse direitinho o que acontece, nós não teríamos conseguido fazer o governo que fizemos. Enquanto a oposição queria nos derrubar, quem nos sustentou foi o povo brasileiro."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;