Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 28 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Nas mãos de Palacio, Casa em Brasília diminui ritmo

André Henriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Secretário executivo do Consórcio está à frente do escritório desde outubro, mas tem dedicado tempo a projeto eleitoral


Humberto Domiciano
Do Diário do Grande ABC

15/02/2018 | 07:00


Pouco mais de três meses após a saída de Leonardo Queiroz Leite da função de diretor da Casa do Grande ABC, o desempenho do substituto, o secretário executivo Fabio Palacio (PR), tem sido questionado nos bastidores da entidade. As críticas ao trabalho do interino se dão pela morosidade das decisões do espaço.

De acordo com o site da entidade, a última atividade oficial de Palacio na Capital Federal foi uma reunião na ANA (Agência Nacional de Águas), em Brasília, no dia 18 de dezembro, para tratar dos trâmites da liberação de dados de 64 estações pluviométricas e de quatro estações fluviométricas do órgão federal para o CGE ABC (Centro de Gerenciamento de Emergências ABC).

Além disso, Palacio, na visão de alguns integrantes do Consórcio, estaria se dedicando mais ao possível projeto eleitoral em 2018.

Criado para ser um espaço facilitador aos prefeitos, o escritório atualmente virou apenas uma base operacional para os chefes do Executivo que fazem reuniões com ministérios e parlamentares – o local conta com impressoras e estrutura para reuniões, por exemplo.

A perspectiva era a de que a Casa fizesse um mapeamento de programas e projetos em operação, mantidos pela União, e que ao mesmo tempo fornecesse às prefeituras meios de facilitar o contato com as Pastas para obtenção de recursos.

Uma mostra de quanto o escritório deixou a desejar no ano passado foi o lançamento do Avançar Cidades, conduzido pelo Ministério da Cidades. Na ocasião, as prefeituras que inscreveram projetos não tiveram coordenação por parte do órgão.

O Consórcio, por outro lado, teve como principal vantagem com o escritório de Brasília a seleção para uma parceria com a União Europeia. As conversas foram conduzidas com representação da organização daquele continente, sediada no Distrito Federal.

A parceria permitirá troca de experiências e projetos com a cidade italiana de Turim, na Itália, e a visita dos italianos ao Grande ABC acontece ainda no mês de fevereiro.

Em segundo momento, o Consórcio buscará opções de financiamentos junto a instituições europeias para os próximos dois anos. Entre as iniciativas que poderão ser levadas adiante no programa de intercâmbio estão demandas nas áreas de Mobilidade Urbana, mudanças climáticas e drenagem urbana.

Já em setembro do ano passado, a assembleia mensal foi feita na Casa do Grande ABC e contou com a presença do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab (PSD).

A entidade solicitou ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) empréstimo de R$ 20 milhões para modernizar o sistema da GCM (Guarda Civil Municipal) e do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) das cidades.

Em entrevista realizada na última assembleia dos prefeitos, o presidente do colegiado, Orlando Morando (PSDB), afirmou que um novo titular para o escritório deve ser escolhido até o fim de março.

Palacio foi procurado pelo Diário, mas não respondeu até o fechamento. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;