Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 23 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Palacio e Vidoski na prévia para 2020


Raphael Rocha

03/02/2018 | 07:00


Fabio Palacio (PR) e Beto Vidoski (PSDB) são considerados os protagonistas da política de São Caetano para os próximos anos. Um foi prefeiturável em 2016, recebeu 19.291 votos (20,66% dos válidos) e hoje atua como secretário executivo do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC. O outro, depois de ter sido o vereador mais votado da cidade em 2012, aceitou ser vice na chapa encabeçada por José Auricchio Júnior (PSDB) em 2016 e venceu o pleito. Ambos têm candidaturas a deputado especuladas no município. Mas ainda não definiram para qual Casa pretendem concorrer. E, o mais curioso desta relação: um está à espera do outro para decidir. Palacio tinha candidatura a deputado estadual cogitada desde que acabou o pleito de 2016, mas, nas últimas semanas, conversou com lideranças da região e disse considerar uma empreitada à Câmara Federal. Vidoski teria comunicado Auricchio que quer disputar o pleito deste ano e quer duelar com Palacio pelos votos. Ou seja, se Palacio vier a estadual, Vidoski também lançaria projeto à Assembleia. Tudo isso pode ser prévia da eleição de 2020.

Calendário
A executiva estadual do PT se reúne na segunda-feira para debater o calendário de prévias para escolha do candidato do partido ao governo do Estado. Os ex-prefeitos Luiz Marinho (também presidente estadual do PT) e Elói Pietá registraram projetos internos. Por ora está reservada a data de 25 de fevereiro para realização do pleito interno, mas integrantes da CNB (Construindo um Novo Brasil), corrente majoritária da sigla e defensora da candidatura de Marinho, insiste que o postulante ao Palácio dos Bandeirantes seja definido, no máximo, por um debate de delegados, e não com toda a militância.

Roçadeira
Vereador de Ribeirão Pires, José Nelson de Barros (MDB) voltou a publicar fotos capinando mato alto de ruas da cidade. Ele, munido de roçadeira, atuou na EE Marisa Afonso Salero, em Santa Luzia, e nas ruas Joanesia e Araras, no bairro da Quarta Divisão.

Não vou
O prefeito de Diadema, Lauro Michels (PV), vai tirar férias a partir da próxima semana. E, por isso, avisou ao presidente da Câmara, Marcos Michels (PSB), que não conseguirá comparecer à inauguração da reforma da sede do PSB diademense, já que a cerimônia está marcada para segunda-feira. Vale lembrar que Lauro não quer que Marcos saia candidato a deputado estadual.

Integrante honorário
Ex-prefeiturável de Rio Grande da Serra e ex-coordenador da Macro PT ABC, Claudinho da Geladeira (PT) tomou posse como integrante honorário da atual composição da coordenação regional do petismo. Ele chegou a cogitar deixar a legenda – PTB e PDT surgiram como possibilidades –, mas, nas últimas semanas, tem falado que continuará no PT.

Contragolpe – 1
Pessoas próximas do prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), têm defendido ao chefe do Executivo a adoção de espécie de aviso aos vereadores governistas que assinaram pedido de CPI para apurar aumento no IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). O primeiro aviso foi dado a Marcos Pinchiari (PTB). Primeiro suplente da legenda, ele exercia o mandato desde o começo da legislatura, no lugar de Edson Sardano (PTB), então secretário de Segurança. Sardano sairia da Pasta somente em abril, para ser candidato a deputado federal, só que antecipou seu retorno à Câmara.

Contragolpe – 2
Outra possibilidade bastante comentada nos corredores da Câmara de Santo André é a mudança da liderança do governo Paulo Serra (PSDB) no Legislativo. A função hoje é exercida por Pedrinho Botaro (PSDB), que também assinou o pedido de CPI do aumento do IPTU. O comentário é que Sardano passará a atuar neste posto com a volta dos trabalhos na Casa. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;