Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 10 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Santander envia lista com 1.280 demitidos


Tauana Marin
Do Diário do Grande ABC

18/12/2012 | 07:22


A lista dos demitidos do Santander neste início de mês em todo País foi entregue pelos advogados do banco à Contraf-CUT (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro). A relação possui 1.280 nomes de funcionários e foi determinada pela procuradora regional do Trabalho da 10ª Região do Ministério Público do Trabalho, Ana Cristina Tostes Ribeiro, durante audiência de mediação realizada na quarta-feira (12).

"Esse número confirma que se trata de demissões em massa", avalia Ademir Wiederkehr, funcionário do banco e secretário de imprensa da Contraf-CUT. "O número só não é maior por causa da mobilização das entidades sindicais em todo País", salienta.

Segundo a confederação, a relação já foi encaminhada aos sindicatos e federações para checagem das entidades.

As audiências são reflexo da liminar requerida pelo Sindicato dos Bancários de São Paulo que suspendeu todas as demissões sem justa causa feitas pelo Santander em São Paulo. Os casos do Grande ABC (23 demissões entre as 43 agências) também serão revistos. De acordo com a entidade sindical de São Paulo, no País foram fechadas cerca de 2.000 vagas. No entanto, até o momento, o Santander havia informado, por nota, que realizou mudanças que levaram à redução de cerca de 1.000 pessoas de seu quadro.

Na audiência, a Contraf-CUT defendeu a reversão de todos os desligamentos ocorridos neste mês e cobrou a abertura de processo de negociação sobre emprego com o Santander. Nova audiência entre as partes deve ser convocada nos próximos dias, após a resposta da instituição.

 

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Santander envia lista com 1.280 demitidos

Tauana Marin
Do Diário do Grande ABC

18/12/2012 | 07:22


A lista dos demitidos do Santander neste início de mês em todo País foi entregue pelos advogados do banco à Contraf-CUT (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro). A relação possui 1.280 nomes de funcionários e foi determinada pela procuradora regional do Trabalho da 10ª Região do Ministério Público do Trabalho, Ana Cristina Tostes Ribeiro, durante audiência de mediação realizada na quarta-feira (12).

"Esse número confirma que se trata de demissões em massa", avalia Ademir Wiederkehr, funcionário do banco e secretário de imprensa da Contraf-CUT. "O número só não é maior por causa da mobilização das entidades sindicais em todo País", salienta.

Segundo a confederação, a relação já foi encaminhada aos sindicatos e federações para checagem das entidades.

As audiências são reflexo da liminar requerida pelo Sindicato dos Bancários de São Paulo que suspendeu todas as demissões sem justa causa feitas pelo Santander em São Paulo. Os casos do Grande ABC (23 demissões entre as 43 agências) também serão revistos. De acordo com a entidade sindical de São Paulo, no País foram fechadas cerca de 2.000 vagas. No entanto, até o momento, o Santander havia informado, por nota, que realizou mudanças que levaram à redução de cerca de 1.000 pessoas de seu quadro.

Na audiência, a Contraf-CUT defendeu a reversão de todos os desligamentos ocorridos neste mês e cobrou a abertura de processo de negociação sobre emprego com o Santander. Nova audiência entre as partes deve ser convocada nos próximos dias, após a resposta da instituição.

 

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;