Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 30 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Santo André desafia o Palmeiras por vaga na semifinal

Rodrigo Corsi/FPF Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Duelo único, pelas quartas de final do Paulistão, será realizado às 21h30, no Allianz Parque; empate leva definição para os pênaltis


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

28/07/2020 | 23:57


Invicto contra os grandes do Estado neste Paulistão, o Santo André coloca essa marca à prova no duelo mais importante da competição até aqui. Depois de vencer São Paulo e Red Bull Bragantino, e de empatar com Corinthians e Santos, às 21h30 de hoje o Ramalhão desafia o Palmeiras, no Allianz Parque, pelas quartas de final. O confronto será em partida única, ou seja, quem avançar está na semifinal.

Se a partida terminar empatada, a decisão vai para as penalidades, situação que um personagem recém-chegado e que vem tendo as atuações criticadas pela torcida pode fazer a diferença: o experiente goleiro Ivan, 35 anos. “Primeiro a gente tem de estar focados os 90 minutos, o máximo concentrados. Se acaso for para os pênaltis, tenho certeza que estaremos preparados. Treinamos bastante, tanto batedores quanto goleiros”, disse ele.

Após mudar o time para preservar alguns jogadores na derrota por 3 a 1 para o Ituano, o técnico Paulo Roberto deverá levar a campo a mesma formação do empate por 1 a 1 com o Santos. “Jogo decisivo, importante para coroar tudo aquilo que o Santo André fez desde o início da competição. Adversário é um dos melhores clubes do Brasil, mas o Santo André conseguiu grandes resultados neste mesmo campeonato contra grandes adversários. Vamos ter humildade de marcar e não vamos nos abdicar de jogar”, declarou Ivan.

Este não será o primeiro encontro entre os times válido por uma eliminatória. Todo torcedor andreense se recorda que na campanha da Copa do Brasil de 2004 o Ramalhão passou pelo Verdão após dois empates (4 a 4 no antigo Palestra Itália e 3 a 3 no Bruno Daniel). No ano anterior, pela final da Copa São Paulo de Futebol Júnior, triunfo nos pênaltis, que deu o título para o Santo André. Por outro lado, nas oitavas de final da Copa do Brasil de 2011, o Palmeiras despachou o rival do Grande ABC com duas vitórias.

Na última vez em que se enfrentaram, no mesmo local de hoje, pela primeira rodada do Paulistão 2018, vitória palmeirense por 3 a 1. Já o último triunfo andreense sobre o Verdão foi na campanha do vice-campeonato paulista de 2010: 3 a 1, com direito a gol de letra de Rodriguinho, em duelo também disputado antes da reforma da arena alviverde.

No histórico, as equipes se enfrentaram 42 vezes desde 1974, com 21 vitórias do Palmeiras, sete do Santo André e 14 empates.

O duelo marca ainda o reencontro do Ramalhão com o árbitro Luiz Flávio de Oliveira. A última vez que o juiz apitou uma partida andreense foi em 2017, na derrota por 4 a 1 para o São Paulo, que teve erros grotescos do apitador – e que causaram seu afastamento na FPF. A partir destas quartas de final, haverá VAR (árbitro de vídeo) em todas as partidas. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Santo André desafia o Palmeiras por vaga na semifinal

Duelo único, pelas quartas de final do Paulistão, será realizado às 21h30, no Allianz Parque; empate leva definição para os pênaltis

Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

28/07/2020 | 23:57


Invicto contra os grandes do Estado neste Paulistão, o Santo André coloca essa marca à prova no duelo mais importante da competição até aqui. Depois de vencer São Paulo e Red Bull Bragantino, e de empatar com Corinthians e Santos, às 21h30 de hoje o Ramalhão desafia o Palmeiras, no Allianz Parque, pelas quartas de final. O confronto será em partida única, ou seja, quem avançar está na semifinal.

Se a partida terminar empatada, a decisão vai para as penalidades, situação que um personagem recém-chegado e que vem tendo as atuações criticadas pela torcida pode fazer a diferença: o experiente goleiro Ivan, 35 anos. “Primeiro a gente tem de estar focados os 90 minutos, o máximo concentrados. Se acaso for para os pênaltis, tenho certeza que estaremos preparados. Treinamos bastante, tanto batedores quanto goleiros”, disse ele.

Após mudar o time para preservar alguns jogadores na derrota por 3 a 1 para o Ituano, o técnico Paulo Roberto deverá levar a campo a mesma formação do empate por 1 a 1 com o Santos. “Jogo decisivo, importante para coroar tudo aquilo que o Santo André fez desde o início da competição. Adversário é um dos melhores clubes do Brasil, mas o Santo André conseguiu grandes resultados neste mesmo campeonato contra grandes adversários. Vamos ter humildade de marcar e não vamos nos abdicar de jogar”, declarou Ivan.

Este não será o primeiro encontro entre os times válido por uma eliminatória. Todo torcedor andreense se recorda que na campanha da Copa do Brasil de 2004 o Ramalhão passou pelo Verdão após dois empates (4 a 4 no antigo Palestra Itália e 3 a 3 no Bruno Daniel). No ano anterior, pela final da Copa São Paulo de Futebol Júnior, triunfo nos pênaltis, que deu o título para o Santo André. Por outro lado, nas oitavas de final da Copa do Brasil de 2011, o Palmeiras despachou o rival do Grande ABC com duas vitórias.

Na última vez em que se enfrentaram, no mesmo local de hoje, pela primeira rodada do Paulistão 2018, vitória palmeirense por 3 a 1. Já o último triunfo andreense sobre o Verdão foi na campanha do vice-campeonato paulista de 2010: 3 a 1, com direito a gol de letra de Rodriguinho, em duelo também disputado antes da reforma da arena alviverde.

No histórico, as equipes se enfrentaram 42 vezes desde 1974, com 21 vitórias do Palmeiras, sete do Santo André e 14 empates.

O duelo marca ainda o reencontro do Ramalhão com o árbitro Luiz Flávio de Oliveira. A última vez que o juiz apitou uma partida andreense foi em 2017, na derrota por 4 a 1 para o São Paulo, que teve erros grotescos do apitador – e que causaram seu afastamento na FPF. A partir destas quartas de final, haverá VAR (árbitro de vídeo) em todas as partidas. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;