Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 10 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Brasil desafia Arábia Saudita em sequência do novo ciclo

Lucas Figueiredo/CBF Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Treinador Tite dará outra chance a Jesus e promoverá estreia de Pablo, às 15h, no Estádio King Saud


João Victor Romoli
Especial para o Diário

12/10/2018 | 07:00


Para dar conjunto ao chamado ‘novo ciclo’, o Brasil dará sequência à rotina de amistosos hoje. A Seleção do técnico Tite, que enfrentará a Arábia Saudita às 15h (de Brasília), no Estádio King Saud University, em Riad, terá estreias, além de apostar novamente em jogadores que disputaram a Copa do Mundo da Rússia.
Este será o terceiro jogo da Seleção após a eliminação no Mundial – nos primeiros bateu Estados Unidos por 2 a 0 e goleou El Salvador por 5 a 0, sem ser ameaçada em campo. A comissão técnica acredita, porém, que a partida de hoje oferecerá mais dificuldades à equipe.

Com isso, Tite voltará a colocar em campo o trio de ataque formado por Neymar, Philippe Coutinho e Gabriel Jesus – este último que, após críticas na Copa, não havia sido titular novamente. Ele esperá que o trio traga segurança para as surpresas da escalação. Esse é o caso do goleiro Ederson, do zagueiro Pablo e do lateral-direito Fabinho. O defensor, aliás, que teve ótimas atuações na época de Corinthians, terá sua primeira oportunidade com a camisa do Brasil.

Os jogadores da Seleção também tiveram definidos os números na camisa para os amistosos contra Arábia Saudita e Argentina. Exceção a Filipe Luís, que era o 6, e agora está com a 16, os outros, que disputaram o Mundial, terão as mesmas numerações, inclusive Gabriel Jesus, que, teoricamente, perdeu a posição de centroavante para Roberto Firmino. Neymar, como de costume, será o 10. Além disso, o atacante atuará outra vez como capitão, uma vez que é a referência técnica deste novo ciclo.

Adversários de hoje, os sauditas disputaram a última Copa do Mundo, na Rússia, e não passaram da fase de grupos. A seleção foi goleada pelos donos da casa por 5 a 0, no jogo de abertura da competição, perdeu por 1 a 0 para o Uruguai e cumpriu tabela batendo o Egito por 2 a 1.

Também de olho no próximo rival, a Seleção Brasileira viu ontem a goleada da Argentina, sem Messi, diante do Iraque por 4 a 0. As equipes realizam clássico sul-americano, terça-feira.

Técnico cita astro Michael Jordan e crê em retomada de Gabriel Jesus

O técnico Tite aproveitou entrevista coletiva ontem para reafirmar a confiança no atacante Gabriel Jesus. O atleta, que havia ficado de fora da última convocação, foi elogiado pelo comandante da Seleção Brasileira.

“Gabriel Jesus tem característica dos diferentes. Há um livro do Michael Jordan chamado Nunca Deixe de Tentar. Ninguém permanece em alto nível o tempo todo, mas ele tem na participação, no nível de concentração. É questão de tempo e tranquilidade para ele retomar melhor desempenho”, disse Tite, sobre o jogador do Manchester City, que decepcionou ao não marcar nenhum gol nos cinco jogos que o Brasil realizou na campanha da Copa do Mundo da Rússia.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Brasil desafia Arábia Saudita em sequência do novo ciclo

Treinador Tite dará outra chance a Jesus e promoverá estreia de Pablo, às 15h, no Estádio King Saud

João Victor Romoli
Especial para o Diário

12/10/2018 | 07:00


Para dar conjunto ao chamado ‘novo ciclo’, o Brasil dará sequência à rotina de amistosos hoje. A Seleção do técnico Tite, que enfrentará a Arábia Saudita às 15h (de Brasília), no Estádio King Saud University, em Riad, terá estreias, além de apostar novamente em jogadores que disputaram a Copa do Mundo da Rússia.
Este será o terceiro jogo da Seleção após a eliminação no Mundial – nos primeiros bateu Estados Unidos por 2 a 0 e goleou El Salvador por 5 a 0, sem ser ameaçada em campo. A comissão técnica acredita, porém, que a partida de hoje oferecerá mais dificuldades à equipe.

Com isso, Tite voltará a colocar em campo o trio de ataque formado por Neymar, Philippe Coutinho e Gabriel Jesus – este último que, após críticas na Copa, não havia sido titular novamente. Ele esperá que o trio traga segurança para as surpresas da escalação. Esse é o caso do goleiro Ederson, do zagueiro Pablo e do lateral-direito Fabinho. O defensor, aliás, que teve ótimas atuações na época de Corinthians, terá sua primeira oportunidade com a camisa do Brasil.

Os jogadores da Seleção também tiveram definidos os números na camisa para os amistosos contra Arábia Saudita e Argentina. Exceção a Filipe Luís, que era o 6, e agora está com a 16, os outros, que disputaram o Mundial, terão as mesmas numerações, inclusive Gabriel Jesus, que, teoricamente, perdeu a posição de centroavante para Roberto Firmino. Neymar, como de costume, será o 10. Além disso, o atacante atuará outra vez como capitão, uma vez que é a referência técnica deste novo ciclo.

Adversários de hoje, os sauditas disputaram a última Copa do Mundo, na Rússia, e não passaram da fase de grupos. A seleção foi goleada pelos donos da casa por 5 a 0, no jogo de abertura da competição, perdeu por 1 a 0 para o Uruguai e cumpriu tabela batendo o Egito por 2 a 1.

Também de olho no próximo rival, a Seleção Brasileira viu ontem a goleada da Argentina, sem Messi, diante do Iraque por 4 a 0. As equipes realizam clássico sul-americano, terça-feira.

Técnico cita astro Michael Jordan e crê em retomada de Gabriel Jesus

O técnico Tite aproveitou entrevista coletiva ontem para reafirmar a confiança no atacante Gabriel Jesus. O atleta, que havia ficado de fora da última convocação, foi elogiado pelo comandante da Seleção Brasileira.

“Gabriel Jesus tem característica dos diferentes. Há um livro do Michael Jordan chamado Nunca Deixe de Tentar. Ninguém permanece em alto nível o tempo todo, mas ele tem na participação, no nível de concentração. É questão de tempo e tranquilidade para ele retomar melhor desempenho”, disse Tite, sobre o jogador do Manchester City, que decepcionou ao não marcar nenhum gol nos cinco jogos que o Brasil realizou na campanha da Copa do Mundo da Rússia.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;