Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 26 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Lista tríplice à reitoria da USCS tem Prearo como mais bem votado

Claudinei Plaza/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Atual reitor mostra favoritismo para ser reconduzido à frente da universidade; documento será analisado por Tite Campanella, prefeito da cidade


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

23/01/2021 | 00:40


O Consun (Conselho Universitário) da USCS (Universidade Municipal de São Caetano) definiu a lista tríplice com indicação para a reitoria para o próximo mandato, que se inicia neste ano. O atual reitor, professor doutor Leandro Campi Prearo, foi o mais bem votado no grupo.

Integram o bloco os professores doutores Maria do Carmo Romeiro (sete votos) e Eduardo de Camargo Oliva (quatro votos). O documento será enviado ao prefeito de São Caetano, Tite Campanella (Cidadania), a quem cabe definir quem vai gerir a autarquia municipal até 2025. A tradição é o chefe do Executivo referendar o nome que obteve mais adesões no conselho – assim, Prearo seria reconduzido à função.

Ex-diretor-geral do Instituto de Pesquisa e ex-pró-reitor de graduação da instituição, Prearo assumiu a reitoria da USCS em junho, depois que o professor doutor Marcos Sidnei Bassi renunciou ao cargo. À ocasião, Bassi havia se colocado à disposição para disputar, como candidato a vice, a eleição e saiu da direção da USCS para atender aos dispositivos eleitorais. Atualmente, Bassi é diretor superintendente do Diário.

O mandato de Prearo vai até o dia 28 de fevereiro. Até lá, Tite precisa anunciar seu escolhido para o cargo.

Maria do Carmo Romeiro é pró-reitora de pós-graduação e pesquisa na USCS. Eduardo Camargo de Oliva é um dos gestores de pós-graduação – os cursos de administração, com mestrado e doutorado.

Os desafios para o próximo mandato serão relacionados à pandemia de Covid-19, até porque, o setor universitário foi uma das áreas mais afetadas pela crise sanitária. Em recente entrevista ao Diário, Prearo citou que a perspectiva inicial da USCS era de maior êxodo e inadimplência, porém, medidas de parcelamento de dívidas, aliadas ao fato de a universidade ser um dos polos de testagem da Coronavac, a vacina da Sinovac contra a Covid, reduziram os prognósticos negativos. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Lista tríplice à reitoria da USCS tem Prearo como mais bem votado

Atual reitor mostra favoritismo para ser reconduzido à frente da universidade; documento será analisado por Tite Campanella, prefeito da cidade

Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

23/01/2021 | 00:40


O Consun (Conselho Universitário) da USCS (Universidade Municipal de São Caetano) definiu a lista tríplice com indicação para a reitoria para o próximo mandato, que se inicia neste ano. O atual reitor, professor doutor Leandro Campi Prearo, foi o mais bem votado no grupo.

Integram o bloco os professores doutores Maria do Carmo Romeiro (sete votos) e Eduardo de Camargo Oliva (quatro votos). O documento será enviado ao prefeito de São Caetano, Tite Campanella (Cidadania), a quem cabe definir quem vai gerir a autarquia municipal até 2025. A tradição é o chefe do Executivo referendar o nome que obteve mais adesões no conselho – assim, Prearo seria reconduzido à função.

Ex-diretor-geral do Instituto de Pesquisa e ex-pró-reitor de graduação da instituição, Prearo assumiu a reitoria da USCS em junho, depois que o professor doutor Marcos Sidnei Bassi renunciou ao cargo. À ocasião, Bassi havia se colocado à disposição para disputar, como candidato a vice, a eleição e saiu da direção da USCS para atender aos dispositivos eleitorais. Atualmente, Bassi é diretor superintendente do Diário.

O mandato de Prearo vai até o dia 28 de fevereiro. Até lá, Tite precisa anunciar seu escolhido para o cargo.

Maria do Carmo Romeiro é pró-reitora de pós-graduação e pesquisa na USCS. Eduardo Camargo de Oliva é um dos gestores de pós-graduação – os cursos de administração, com mestrado e doutorado.

Os desafios para o próximo mandato serão relacionados à pandemia de Covid-19, até porque, o setor universitário foi uma das áreas mais afetadas pela crise sanitária. Em recente entrevista ao Diário, Prearo citou que a perspectiva inicial da USCS era de maior êxodo e inadimplência, porém, medidas de parcelamento de dívidas, aliadas ao fato de a universidade ser um dos polos de testagem da Coronavac, a vacina da Sinovac contra a Covid, reduziram os prognósticos negativos. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;