Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 15 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

IPCA-15 recua para 0,35% em março


Do Diário OnLine
Com Agências

24/03/2005 | 10:19


A inflação medida pelo IPCA-15 (Índice de Preços ao Consumidor Amplo – 15) recuou para 0,35% em março, contra a variação de 0,74% registrada em fevereiro, segundo números divulgados nesta quinta-feira pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

O item cursos exerceu uma das principais contribuições para a desaceleração do índice, por conta das mensalidades escolares, que despencaram de 6,34% em fevereiro para 0,48% este mês.

Os salários dos empregados domésticos também tiveram uma redução expressiva em março, passando de 1,12% para 0,13%, reflexo do final do impacto do recebimento do 13º salário.

Passagens aéreas (-4,69%), gás de cozinha (-1,11%), álcool (-0,59%) e gasolina (-0,32%) também influenciaram o resultado deste mês, assim como alimentos, que recuaram de 0,53% para 0,17%.

Quanto às altas, o principal impacto no IPCA-15 foi exercido pelas passagens dos ônibus urbanos (+1,83%), influenciadas pelo reajuste ocorrido em São Paulo.

Entre as regiões pesquisadas, o maior resultado foi verificado em Brasília (0,97%) e o menor, em Salvador (0,10%).

O IPCA-15 refere-se às famílias com rendimento monetário de 1 a 40 salários mínimos e abrange as regiões metropolitanas do Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte, Recife, São Paulo, Belém, Fortaleza, Salvador e Curitiba, além de Brasília e Goiânia. A metodologia utilizada é a mesma do IPCA. A diferença entre os dois índices está no período de coleta dos preços.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

IPCA-15 recua para 0,35% em março

Do Diário OnLine
Com Agências

24/03/2005 | 10:19


A inflação medida pelo IPCA-15 (Índice de Preços ao Consumidor Amplo – 15) recuou para 0,35% em março, contra a variação de 0,74% registrada em fevereiro, segundo números divulgados nesta quinta-feira pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

O item cursos exerceu uma das principais contribuições para a desaceleração do índice, por conta das mensalidades escolares, que despencaram de 6,34% em fevereiro para 0,48% este mês.

Os salários dos empregados domésticos também tiveram uma redução expressiva em março, passando de 1,12% para 0,13%, reflexo do final do impacto do recebimento do 13º salário.

Passagens aéreas (-4,69%), gás de cozinha (-1,11%), álcool (-0,59%) e gasolina (-0,32%) também influenciaram o resultado deste mês, assim como alimentos, que recuaram de 0,53% para 0,17%.

Quanto às altas, o principal impacto no IPCA-15 foi exercido pelas passagens dos ônibus urbanos (+1,83%), influenciadas pelo reajuste ocorrido em São Paulo.

Entre as regiões pesquisadas, o maior resultado foi verificado em Brasília (0,97%) e o menor, em Salvador (0,10%).

O IPCA-15 refere-se às famílias com rendimento monetário de 1 a 40 salários mínimos e abrange as regiões metropolitanas do Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte, Recife, São Paulo, Belém, Fortaleza, Salvador e Curitiba, além de Brasília e Goiânia. A metodologia utilizada é a mesma do IPCA. A diferença entre os dois índices está no período de coleta dos preços.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;