Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 15 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Chechenos são presos com cinturões explosivos na Rússia


Do Diário OnLine
Com Agências

24/12/2002 | 13:09


Dois chechenos com cinturões de explosivos foram presas nesta terça-feira em um bairro do Sudoeste de Moscou, de acordo com a agência de notícias Itar-Tass.

Em outubro, um grupo de rebeldes chechenos invadiu um teatro de Moscou e fez cerca de 800 pessoas como reféns durante 58 horas. Os rebeldes exigiam a retirada imediata das forças russas da Chechênia. A polícia de Moscou lançou um gás a base de ópio dentro do teatro e realizou uma operação de resgate, que resultou na morte de 219 reféns. Os terroristas mataram outros dois reféns a tiros. Os 41 rebeldes que invadiram o teatro também morreram.

O Exército russo está na Chechênia desde setembro de 1999, sob a alegação de combate a grupos terroristas islâmicos. Com maioria muçulmana, a Chechênia é formalmente uma república russa, mas conquistou independência após o conflito com Moscou entre 1994 e 1996. A região foi anexada pela Rússia no século 18, ainda na época dos czares.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Chechenos são presos com cinturões explosivos na Rússia

Do Diário OnLine
Com Agências

24/12/2002 | 13:09


Dois chechenos com cinturões de explosivos foram presas nesta terça-feira em um bairro do Sudoeste de Moscou, de acordo com a agência de notícias Itar-Tass.

Em outubro, um grupo de rebeldes chechenos invadiu um teatro de Moscou e fez cerca de 800 pessoas como reféns durante 58 horas. Os rebeldes exigiam a retirada imediata das forças russas da Chechênia. A polícia de Moscou lançou um gás a base de ópio dentro do teatro e realizou uma operação de resgate, que resultou na morte de 219 reféns. Os terroristas mataram outros dois reféns a tiros. Os 41 rebeldes que invadiram o teatro também morreram.

O Exército russo está na Chechênia desde setembro de 1999, sob a alegação de combate a grupos terroristas islâmicos. Com maioria muçulmana, a Chechênia é formalmente uma república russa, mas conquistou independência após o conflito com Moscou entre 1994 e 1996. A região foi anexada pela Rússia no século 18, ainda na época dos czares.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;