Fechar
Publicidade

Sábado, 4 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Com preços baixos, Pan lota a loja de fábrica nesta Páscoa


Hugo Cilo
Do Diário do Grande ABC

24/03/2005 | 13:28


Com preços de ovos de Páscoa até 30% menores em relação aos de hipermercados do Grande ABC, a loja de fábrica da Pan, em São Caetano, registra nesta semana recordes de visitação e vendas. Os ovos de chocolate pequenos – de até 200 gramas – se esgotaram na quarta-feira, quatro dias antes do domingo de Páscoa.

A expectativa é que mais de 50 mil pessoas tenham passado pela loja da rua Maranhão até domingo, quando a loja ficará aberta até as 13h. Essa quantidade é 40% superior à da Páscoa do ano passado. O desempenho na Páscoa deste ano é o empurrão que a empresa esperava receber para sair, até o final do ano, do processo de concordata iniciado em 2002 em razão de uma dívida de R$ 12 milhões.

Entre os ovos colocados à venda na loja de fábrica, os maiores e mais pesados (de até um quilo) são os que lideram a preferência do consumidor. O preço médio do produto de 800g mais incrementado – com trufas, bombons e recheio – é de R$ 25 na loja de fábrica, enquanto em hipermercados o valor gira em torno de R$ 32. Os ovos de 340g estão com preços entre R$ 10,90 e R$ 11,90, de acordo com o recheio, enquanto o valor em supermercados varia de R$ 13,50 a R$ 16,90. Os de 400g trufados custam em média R$ 21, ante os R$ 25 a R$ 29 cobrados no mercado em geral.

Para o diretor operacional da Pan, Carlos Alberto de Oliveira, o segredo para oferecer ovos de chocolate com preços abaixo dos praticados no mercado é ganhar na quantidade, além de reduzir as perdas com devoluções. "Como a gente decidiu concentrar toda a venda de ovos na loja de fábrica, evitamos as perdas com devoluções de ovos quebrados ou encalhados", explica.

E a estratégia deu certo. Oliveira garante que as vendas deste ano superam as projeções iniciais. "Os consumidores redescobriram a loja de fábrica da Pan. Nossa campanha de divulgação de produtos e a ampliação da linha de ovos para esta Páscoa, em comemoração ao aniversário de 70 anos da empresa, mostrou resultado surpreendente", diz.

Fidelização – Além de atrair o maior volume possível de novos clientes para a loja de fábrica, a redução dos preços nesta Páscoa visa fidelizar os consumidores da região. "Queremos mostrar que podemos aliar bons preços à qualidade. Essa filosofia de trabalho é positiva, já que temos notado um considerável aumento de novos clientes que vieram por indicação de parentes ou amigos. A propaganda boca a boca é uma arma fortíssima e ajuda a trazer clientes fiéis de outras marcas para a nossa loja de fábrica", afirma o diretor operacional da Pan.

Como era esperado, os consumidores aprovaram a idéia de preços baixos. Na opinião da nutricionista Rita de Cássia Costa, moradora da zona leste de São Paulo, loja que oferece preço baixo com qualidade está no rumo certo. "Soube da loja de fábrica da Pan por uma amiga em São Paulo. Como tenho de comprar muitos ovos de chocolate, o preço compensa a distância", garante.

A decoradora Sumaya Bichir, de São Caetano, diz que decidiu comprar na loja de fábrica da Pan depois de pesquisar em hipermercados da região. "Notei que a loja oferecia o melhor custo-benefício entre os lugares que pesquisei durante toda a semana. Como vou comprar grande quantidade – cerca de 20 ovos – a economia passa a ser grande."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Com preços baixos, Pan lota a loja de fábrica nesta Páscoa

Hugo Cilo
Do Diário do Grande ABC

24/03/2005 | 13:28


Com preços de ovos de Páscoa até 30% menores em relação aos de hipermercados do Grande ABC, a loja de fábrica da Pan, em São Caetano, registra nesta semana recordes de visitação e vendas. Os ovos de chocolate pequenos – de até 200 gramas – se esgotaram na quarta-feira, quatro dias antes do domingo de Páscoa.

A expectativa é que mais de 50 mil pessoas tenham passado pela loja da rua Maranhão até domingo, quando a loja ficará aberta até as 13h. Essa quantidade é 40% superior à da Páscoa do ano passado. O desempenho na Páscoa deste ano é o empurrão que a empresa esperava receber para sair, até o final do ano, do processo de concordata iniciado em 2002 em razão de uma dívida de R$ 12 milhões.

Entre os ovos colocados à venda na loja de fábrica, os maiores e mais pesados (de até um quilo) são os que lideram a preferência do consumidor. O preço médio do produto de 800g mais incrementado – com trufas, bombons e recheio – é de R$ 25 na loja de fábrica, enquanto em hipermercados o valor gira em torno de R$ 32. Os ovos de 340g estão com preços entre R$ 10,90 e R$ 11,90, de acordo com o recheio, enquanto o valor em supermercados varia de R$ 13,50 a R$ 16,90. Os de 400g trufados custam em média R$ 21, ante os R$ 25 a R$ 29 cobrados no mercado em geral.

Para o diretor operacional da Pan, Carlos Alberto de Oliveira, o segredo para oferecer ovos de chocolate com preços abaixo dos praticados no mercado é ganhar na quantidade, além de reduzir as perdas com devoluções. "Como a gente decidiu concentrar toda a venda de ovos na loja de fábrica, evitamos as perdas com devoluções de ovos quebrados ou encalhados", explica.

E a estratégia deu certo. Oliveira garante que as vendas deste ano superam as projeções iniciais. "Os consumidores redescobriram a loja de fábrica da Pan. Nossa campanha de divulgação de produtos e a ampliação da linha de ovos para esta Páscoa, em comemoração ao aniversário de 70 anos da empresa, mostrou resultado surpreendente", diz.

Fidelização – Além de atrair o maior volume possível de novos clientes para a loja de fábrica, a redução dos preços nesta Páscoa visa fidelizar os consumidores da região. "Queremos mostrar que podemos aliar bons preços à qualidade. Essa filosofia de trabalho é positiva, já que temos notado um considerável aumento de novos clientes que vieram por indicação de parentes ou amigos. A propaganda boca a boca é uma arma fortíssima e ajuda a trazer clientes fiéis de outras marcas para a nossa loja de fábrica", afirma o diretor operacional da Pan.

Como era esperado, os consumidores aprovaram a idéia de preços baixos. Na opinião da nutricionista Rita de Cássia Costa, moradora da zona leste de São Paulo, loja que oferece preço baixo com qualidade está no rumo certo. "Soube da loja de fábrica da Pan por uma amiga em São Paulo. Como tenho de comprar muitos ovos de chocolate, o preço compensa a distância", garante.

A decoradora Sumaya Bichir, de São Caetano, diz que decidiu comprar na loja de fábrica da Pan depois de pesquisar em hipermercados da região. "Notei que a loja oferecia o melhor custo-benefício entre os lugares que pesquisei durante toda a semana. Como vou comprar grande quantidade – cerca de 20 ovos – a economia passa a ser grande."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;