Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 10 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Noite Tranquila recebe reforço das polícias Militar e Civil


Matheus Angioleto
Especial para o Diário

22/07/2017 | 07:00


A partir deste fim de semana a Operação Noite Tranquila, programa da Prefeitura de São Bernardo, ganha o reforço das polícias Militar e Civil. A ação comandada pela GCM (Guarda Civil Municipal) busca agilidade e eficácia nos processos de investigação durante a atuação.

Lançada há 90 dias para controlar pancadões e irregularidades, a evolução da iniciativa é vista com bons olhos pela administração do prefeito Orlando Morando (PSDB), principalmente pela devolução da tranquilidade para a população.

O mandatário, que teve a adesão das duas polícias à força-tarefa confirmada em reunião durante a semana, ressalta a importância da ação integrada.“A Polícia Civil vai nos ajudar com as investigações a pessoas que acabam fazendo destes pancadões e eventos um negócio clandestino e ilegal e que são influenciadas, muitas vezes, por ações deliberadas que levam à violência”, ressalta.

Visando complementar as ações que a GCM por vezes tem impedimento, a novidade vai ao encontro à necessidade de controle social. Durante as operações, as polícias devem fazer levantamento criminal de pessoas suspeitas.“Se nessas ações, procurados pela Justiça forem encontrados, eles serão imediatamente presos em uma linha de investigação feita Polícia Civil”, aponta Morando, que ressaltou a possibilidade de operações repressivas por parte da PM (Polícia Militar) caso seja necessário.

Enquanto na periferia existe o chamado pancadão, as regiões centrais também contam com estabelecimentos que desobedecem os decibéis permitidos e promovem descontrole. O munícipe que desejar informar o Paço sobre a ilegalidade pode fazer a denúncia pelo Facebook da Prefeitura ou pelo telefone 153, da GCM.

A iniciativa – que conta também com o apoio das secretarias de Serviços Urbanos, de Obras, de Transporte e da Vigilância Sanitária – já abordou 6.800 pessoas desde 13 de maio. O número de fiscalização de estabelecimentos chegou a 159, com 21 interdições. As notificações por falta de alvará chegaram a 47, sendo que oito destes foram lacrados posteriormente por não cumprir prazo de 48 horas para regularização.

Além disso, já foram feitas 210 vistorias em veículos, enquanto 57 foram apreendidos por infrações ao volante. As autuações de trânsito atingiram 570 e 22 veículos foram apreendidos por contar com o som alto. A apreensão de aparelhos de som por volume alto chegou a 11, enquanto 29 máquinas de caça-níquel foram confiscadas.

“O descontrole social destas ações não se limita à periferia, pois ocorria em toda a cidade. Hoje não há lugar que não será fiscalizado”, finaliza Orlando Morando.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Noite Tranquila recebe reforço das polícias Militar e Civil

Matheus Angioleto
Especial para o Diário

22/07/2017 | 07:00


A partir deste fim de semana a Operação Noite Tranquila, programa da Prefeitura de São Bernardo, ganha o reforço das polícias Militar e Civil. A ação comandada pela GCM (Guarda Civil Municipal) busca agilidade e eficácia nos processos de investigação durante a atuação.

Lançada há 90 dias para controlar pancadões e irregularidades, a evolução da iniciativa é vista com bons olhos pela administração do prefeito Orlando Morando (PSDB), principalmente pela devolução da tranquilidade para a população.

O mandatário, que teve a adesão das duas polícias à força-tarefa confirmada em reunião durante a semana, ressalta a importância da ação integrada.“A Polícia Civil vai nos ajudar com as investigações a pessoas que acabam fazendo destes pancadões e eventos um negócio clandestino e ilegal e que são influenciadas, muitas vezes, por ações deliberadas que levam à violência”, ressalta.

Visando complementar as ações que a GCM por vezes tem impedimento, a novidade vai ao encontro à necessidade de controle social. Durante as operações, as polícias devem fazer levantamento criminal de pessoas suspeitas.“Se nessas ações, procurados pela Justiça forem encontrados, eles serão imediatamente presos em uma linha de investigação feita Polícia Civil”, aponta Morando, que ressaltou a possibilidade de operações repressivas por parte da PM (Polícia Militar) caso seja necessário.

Enquanto na periferia existe o chamado pancadão, as regiões centrais também contam com estabelecimentos que desobedecem os decibéis permitidos e promovem descontrole. O munícipe que desejar informar o Paço sobre a ilegalidade pode fazer a denúncia pelo Facebook da Prefeitura ou pelo telefone 153, da GCM.

A iniciativa – que conta também com o apoio das secretarias de Serviços Urbanos, de Obras, de Transporte e da Vigilância Sanitária – já abordou 6.800 pessoas desde 13 de maio. O número de fiscalização de estabelecimentos chegou a 159, com 21 interdições. As notificações por falta de alvará chegaram a 47, sendo que oito destes foram lacrados posteriormente por não cumprir prazo de 48 horas para regularização.

Além disso, já foram feitas 210 vistorias em veículos, enquanto 57 foram apreendidos por infrações ao volante. As autuações de trânsito atingiram 570 e 22 veículos foram apreendidos por contar com o som alto. A apreensão de aparelhos de som por volume alto chegou a 11, enquanto 29 máquinas de caça-níquel foram confiscadas.

“O descontrole social destas ações não se limita à periferia, pois ocorria em toda a cidade. Hoje não há lugar que não será fiscalizado”, finaliza Orlando Morando.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;