Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 14 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Sharon explica a ministros princípios de plano de separação


Da AFP

08/02/2004 | 11:12


O primeiro-ministro israelense, Ariel Sharon, multiplica os contatos com os ministros de seu partido, o Likud (direita nacionalista), para explicar os princípios de seu plano de separação unilateral dos palestinos, informou seu porta-voz neste domingo.

"Sharon se reuniu neste domingo com o chanceler Sylvan Shalom, e deve se encontrar nos próximos dias com outros ministros do Likud para lhes explicar os princípios de seu plano de separação", declarou o porta-voz Asaf Shariv.

Shalom considerou que este plano de separação provocará o desmoronamento da coalizão governamental, com a retirada das formações de ultradireita, o Partido Nacional Religioso e a União Nacional.

O ministro pode inclusive se preocupar com seu próprio futuro, pois seu cargo poderia ser atribuído aos trabalhistas se estes últimos decidirem entrar num governo de união nacional.

O projeto de Sharon prevê principalmente o desmantelamento de 17 das 21 colônias da Faixa de Gaza.

Segundo Shariv, "Sharon se reunirá na segunda-feira com os ministros das Finanças, Benyamin Netanyahu, e da Educação, Limor Livnat", que pretendem substituí-lo na direção do Likud.

"Na quinta-feira, Sharon se encontrará com o ministro da Agricultura Israel Katz e com o ministro sem pasta Uzi Landau", que integram a ala dos "duros" do Likud, especificou Shariv.

Cerca de 12 deputados deste grupo, dos 40 que representam o Likud na Câmara, expressaram sua oposição a este plano de separação.

Shariv desmentiu uma informação da rádio pública israelense, que anunciou contatos preliminares entre Dov Weisglass, chefe de gabinete de Sharon, e a oposição trabalhista, com o objetivo de formar um gabinete de união nacional.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sharon explica a ministros princípios de plano de separação

Da AFP

08/02/2004 | 11:12


O primeiro-ministro israelense, Ariel Sharon, multiplica os contatos com os ministros de seu partido, o Likud (direita nacionalista), para explicar os princípios de seu plano de separação unilateral dos palestinos, informou seu porta-voz neste domingo.

"Sharon se reuniu neste domingo com o chanceler Sylvan Shalom, e deve se encontrar nos próximos dias com outros ministros do Likud para lhes explicar os princípios de seu plano de separação", declarou o porta-voz Asaf Shariv.

Shalom considerou que este plano de separação provocará o desmoronamento da coalizão governamental, com a retirada das formações de ultradireita, o Partido Nacional Religioso e a União Nacional.

O ministro pode inclusive se preocupar com seu próprio futuro, pois seu cargo poderia ser atribuído aos trabalhistas se estes últimos decidirem entrar num governo de união nacional.

O projeto de Sharon prevê principalmente o desmantelamento de 17 das 21 colônias da Faixa de Gaza.

Segundo Shariv, "Sharon se reunirá na segunda-feira com os ministros das Finanças, Benyamin Netanyahu, e da Educação, Limor Livnat", que pretendem substituí-lo na direção do Likud.

"Na quinta-feira, Sharon se encontrará com o ministro da Agricultura Israel Katz e com o ministro sem pasta Uzi Landau", que integram a ala dos "duros" do Likud, especificou Shariv.

Cerca de 12 deputados deste grupo, dos 40 que representam o Likud na Câmara, expressaram sua oposição a este plano de separação.

Shariv desmentiu uma informação da rádio pública israelense, que anunciou contatos preliminares entre Dov Weisglass, chefe de gabinete de Sharon, e a oposição trabalhista, com o objetivo de formar um gabinete de união nacional.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;