Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 28 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Distribuidora sente recuo no etanol



28/01/2010 | 07:00


O presidente da BR Distribuidora, José Lima de Andrade Neto, disse ontem que a companhia já sentiu "tímido recuo" nas suas vendas de etanol. Segundo ele, o aumento do consumo do álcool não se reverteu por conta dos preços altos verificados desde a entrada da entressafra em novembro, mas deixou de ser estrondoso. Lima não quis revelar os percentuais de crescimento que o consumo de etanol vem atingindo recentemente.

Até o fim do terceiro trimestre de 2009, a companhia havia verificado aumento nas vendas do produto na faixa de 46,3% acima do mesmo período no ano anterior. Em 2008, no mesmo período, o crescimento era de 56% ante o ano anterior. Lima lembrou que parte disso poderia ser atribuída ao volume de álcool legalizado, ou seja, que deixou de ser comercializado clandestinamente para ser incluído no mercado legal. Ele acredita, porém, que hoje o crescimento de consumo já não reflita mais esta onda de legalização.

Além da mudança no perfil de consumo de etanol, a BR voltou a destacar a retomada nas vendas de gasolina, que vinham caindo constantemente, substituída pelo derivado da cana-de-açúcar.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Distribuidora sente recuo no etanol


28/01/2010 | 07:00


O presidente da BR Distribuidora, José Lima de Andrade Neto, disse ontem que a companhia já sentiu "tímido recuo" nas suas vendas de etanol. Segundo ele, o aumento do consumo do álcool não se reverteu por conta dos preços altos verificados desde a entrada da entressafra em novembro, mas deixou de ser estrondoso. Lima não quis revelar os percentuais de crescimento que o consumo de etanol vem atingindo recentemente.

Até o fim do terceiro trimestre de 2009, a companhia havia verificado aumento nas vendas do produto na faixa de 46,3% acima do mesmo período no ano anterior. Em 2008, no mesmo período, o crescimento era de 56% ante o ano anterior. Lima lembrou que parte disso poderia ser atribuída ao volume de álcool legalizado, ou seja, que deixou de ser comercializado clandestinamente para ser incluído no mercado legal. Ele acredita, porém, que hoje o crescimento de consumo já não reflita mais esta onda de legalização.

Além da mudança no perfil de consumo de etanol, a BR voltou a destacar a retomada nas vendas de gasolina, que vinham caindo constantemente, substituída pelo derivado da cana-de-açúcar.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;