Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 14 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Nairo garante sucesso na Série A-2

Anderson Silva/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Presidente do São Caetano está confiante no acesso à elite e diz confiar no trabalho do técnico Luís Carlos Martins


Felipe Simões

08/01/2017 | 07:22


Deste ano não passa: o São Caetano subirá para o Paulistão após quatro longas temporadas pagando os pecados na Série A-2 estadual. Quem garante é o presidente Nairo Ferreira de Souza, que, em entrevista exclusiva ao Diário, aposta no sucesso da equipe que bateu na trave nas últimas quatro competições que disputou, sempre caindo nos mata-matas pouco antes de conquistar o tão sonhado acesso, seja em âmbito estadual ou nacional.

“Pode ter certeza que 2017 é o ano da chegada do São Caetano. Não tenho a menor dúvida (que desta vez vai subir). Esperamos que (o acesso) não bata mais na trave, que entre”, afirmou o mandatário, que creditou sua confiança à manutenção do elenco e do técnico Luís Carlos Martins, mesmo tendo sido cobrado para demiti-lo após a participação na Copa Paulista da temporada passada.

“O trabalho é bom, mantivemos 80% do grupo. Acho que é um dos melhores (elencos) da competição. Estamos dando um voto de crédito (ao Martins), não adianta ficar mexendo. Sempre há o questionamento, a gente é pressionado por isso, por trocar o treinador. Mas ele faz um grande trabalho. Permanece porque chegou (às finais) em quatro competições, não estava brigando para não cair”, explicou o mandatário azulino, creditando os insucessos a falhas individuais em jogos do mata-mata.

Além de bancar a sequência imediata, Nairo ainda vislumbra renovar o contrato do técnico até dezembro, independentemente da campanha na A-2.

“É fácil negociar com o Martins. Ele gosta da cidade e do clube, e não só vem treinar: se preocupa com roupa, gramado, vestiário limpo, chuveiro funcionando. Ele vive o clube, e isso é importante”, comentou.

Para garantir que o treinador atinja o objetivo do acesso, o São Caetano contratou nove jogadores e deve trazer ao menos mais um atleta, mas não agora. A ideia da diretoria é deixar uma das 28 inscrições vaga para algum imprevisto de lesão no início da competição. Os clubes têm até 10 de março para se reforçar.

“Deixamos em aberto para uma emergência para, um pouco mais dentro da competição, suprir alguma necessidade”, concluiu o presidente.

Azulinho decide ponta do Grupo 23 contra o Flamengo, atual campeão

Com vaga garantida na próxima fase da Copinha, o São Caetano encerra sua participação no Grupo 23 contra o Flamengo, atual campeão. O treinador Márcio Griggio se mostrou confiante em bom resultado. “É um time de qualidade indiscutível, mas jogamos em casa, onde temos invencibilidade de um ano. Esperamos sair com a vitória.” 

O vencedor da partida garante o primeiro lugar na chave. Em caso de empate, a vantagem é do Flamengo, por melhor saldo de gols (seis a quatro a favor dos cariocas). 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Nairo garante sucesso na Série A-2

Presidente do São Caetano está confiante no acesso à elite e diz confiar no trabalho do técnico Luís Carlos Martins

Felipe Simões

08/01/2017 | 07:22


Deste ano não passa: o São Caetano subirá para o Paulistão após quatro longas temporadas pagando os pecados na Série A-2 estadual. Quem garante é o presidente Nairo Ferreira de Souza, que, em entrevista exclusiva ao Diário, aposta no sucesso da equipe que bateu na trave nas últimas quatro competições que disputou, sempre caindo nos mata-matas pouco antes de conquistar o tão sonhado acesso, seja em âmbito estadual ou nacional.

“Pode ter certeza que 2017 é o ano da chegada do São Caetano. Não tenho a menor dúvida (que desta vez vai subir). Esperamos que (o acesso) não bata mais na trave, que entre”, afirmou o mandatário, que creditou sua confiança à manutenção do elenco e do técnico Luís Carlos Martins, mesmo tendo sido cobrado para demiti-lo após a participação na Copa Paulista da temporada passada.

“O trabalho é bom, mantivemos 80% do grupo. Acho que é um dos melhores (elencos) da competição. Estamos dando um voto de crédito (ao Martins), não adianta ficar mexendo. Sempre há o questionamento, a gente é pressionado por isso, por trocar o treinador. Mas ele faz um grande trabalho. Permanece porque chegou (às finais) em quatro competições, não estava brigando para não cair”, explicou o mandatário azulino, creditando os insucessos a falhas individuais em jogos do mata-mata.

Além de bancar a sequência imediata, Nairo ainda vislumbra renovar o contrato do técnico até dezembro, independentemente da campanha na A-2.

“É fácil negociar com o Martins. Ele gosta da cidade e do clube, e não só vem treinar: se preocupa com roupa, gramado, vestiário limpo, chuveiro funcionando. Ele vive o clube, e isso é importante”, comentou.

Para garantir que o treinador atinja o objetivo do acesso, o São Caetano contratou nove jogadores e deve trazer ao menos mais um atleta, mas não agora. A ideia da diretoria é deixar uma das 28 inscrições vaga para algum imprevisto de lesão no início da competição. Os clubes têm até 10 de março para se reforçar.

“Deixamos em aberto para uma emergência para, um pouco mais dentro da competição, suprir alguma necessidade”, concluiu o presidente.

Azulinho decide ponta do Grupo 23 contra o Flamengo, atual campeão

Com vaga garantida na próxima fase da Copinha, o São Caetano encerra sua participação no Grupo 23 contra o Flamengo, atual campeão. O treinador Márcio Griggio se mostrou confiante em bom resultado. “É um time de qualidade indiscutível, mas jogamos em casa, onde temos invencibilidade de um ano. Esperamos sair com a vitória.” 

O vencedor da partida garante o primeiro lugar na chave. Em caso de empate, a vantagem é do Flamengo, por melhor saldo de gols (seis a quatro a favor dos cariocas). 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;