Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 19 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Corrida arrecada dinheiro para ribeirão-pirense se tratar no Chile

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

03/11/2016 | 07:00


Ribeirão Pires deu mostra impressionante de solidariedade no último fim de semana. A cidade serviu de cenário para a segunda corrida de rua ‘Asas para Isabela’, que teve como principal objetivo arrecadar dinheiro para o tratamento de Isabela Sueiro, 7 anos, que tem diagnóstico de má-formação cardíaca congênita e paralisia cerebral. A família ainda não conseguiu computar o valor obtido com a prova, mas sabe que, além do dinheiro, foi arrecadado mais de uma tonelada de alimento, que será doada a instituições da cidade.

A prova, disputada domingo, reuniu mais de 2.000 pessoas e angariou o suficiente para Isabela ir ao Chile, onde realiza tratamento Cuevas Medek Exercises, com o doutor Ramon Cuevas, criador da técnica que tem se mostrado muito eficiente, já que a garota atualmente consegue fazer pequenas caminhadas.

A viagem ao Chile será em janeiro, com duração de três semanas, e o custo das partes médica e hospedagem é de US$ 7.500 (cerca de R$ 23 mil).

“Os pais da Isabela agradecem a todos que colaboraram para que mais este sonho se tornasse realidade. A comissão organizadora, os patrocinadores, os apoiadores, os órgãos públicos envolvidos, os voluntários e a todos os participantes, nosso muito obrigado”, agradeceu a mãe de Isabela, Vanessa Sueiro.

Além de munícipes de Ribeirão Pires, a prova contou com participantes de várias outras cidades. Uma das presenças ilustres foi a da atleta olímpica Adriana da Silva, que é especialista em longas distâncias, mas aceitou o desafio de participar da prova de seis quilômetros para contribuir com a causa.

Além disso, pessoas de outros Estados compraram os kits pelo correio e estão fazendo corridas isoladas, como em Bagé, em Rio Grande do Sul, onde grupo com 40 pessoas fez prova na tarde de ontem. O mesmo ainda vai acontecer no Rio de Janeiro e Minas Gerais. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Corrida arrecada dinheiro para ribeirão-pirense se tratar no Chile

Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

03/11/2016 | 07:00


Ribeirão Pires deu mostra impressionante de solidariedade no último fim de semana. A cidade serviu de cenário para a segunda corrida de rua ‘Asas para Isabela’, que teve como principal objetivo arrecadar dinheiro para o tratamento de Isabela Sueiro, 7 anos, que tem diagnóstico de má-formação cardíaca congênita e paralisia cerebral. A família ainda não conseguiu computar o valor obtido com a prova, mas sabe que, além do dinheiro, foi arrecadado mais de uma tonelada de alimento, que será doada a instituições da cidade.

A prova, disputada domingo, reuniu mais de 2.000 pessoas e angariou o suficiente para Isabela ir ao Chile, onde realiza tratamento Cuevas Medek Exercises, com o doutor Ramon Cuevas, criador da técnica que tem se mostrado muito eficiente, já que a garota atualmente consegue fazer pequenas caminhadas.

A viagem ao Chile será em janeiro, com duração de três semanas, e o custo das partes médica e hospedagem é de US$ 7.500 (cerca de R$ 23 mil).

“Os pais da Isabela agradecem a todos que colaboraram para que mais este sonho se tornasse realidade. A comissão organizadora, os patrocinadores, os apoiadores, os órgãos públicos envolvidos, os voluntários e a todos os participantes, nosso muito obrigado”, agradeceu a mãe de Isabela, Vanessa Sueiro.

Além de munícipes de Ribeirão Pires, a prova contou com participantes de várias outras cidades. Uma das presenças ilustres foi a da atleta olímpica Adriana da Silva, que é especialista em longas distâncias, mas aceitou o desafio de participar da prova de seis quilômetros para contribuir com a causa.

Além disso, pessoas de outros Estados compraram os kits pelo correio e estão fazendo corridas isoladas, como em Bagé, em Rio Grande do Sul, onde grupo com 40 pessoas fez prova na tarde de ontem. O mesmo ainda vai acontecer no Rio de Janeiro e Minas Gerais. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;