Fechar
Publicidade

Sábado, 30 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Corpo de babá assassinada deve chegar nesta quarta-feira


Verônica Fraidenraich
Do Diário do Grande ABC

20/12/2005 | 08:27


O corpo de Ana Elisa Gonçalves de Toledo, 24 anos, deve chegar nesta quarta-feira ao país. A previsão é do Cônsul Geral do Brasil em Houston, nos Estados Unidos, que afirmou ter enviado segunda-feira toda a documentação necessária legalizada para a casa funerária onde se encontra o corpo, na cidade de Denver, no Colorado.

Ana Elisa, nascida em São Bernardo e cuja família vive em Santo André, foi morta a facadas, há uma semana, pelo ex-namorado checo, Martin Novotny, 22 anos. Ela viajou para Denver há um ano e quatro meses, pelo programa de intercâmbio Au Pair, para trabalhar de babá na casa de uma família. Martin, que também participou do programa, mas recentemente trabalhava num restaurante, se entregou após cometer o crime e está preso em Denver.

“Já terminamos de legalizar todos os documentos e enviamos por sedex para a casa funerária”, afirmou por telefone ao Diário Alba Castro Alves, do setor de assistência a brasileiros do consulado. Entre os documentos exigidos estão o de óbito brasileiro e americano, de que a moça não portava doenças contagiosas e de que a preparação do corpo obedece às leis do Estado de Colorado.

Segundo Alba, assim que a casa funerária receber a documentação, nesta quarta-feira, deve embarcar o corpo para o Brasil. Pela internet, o jornal Denver Post noticiou segunda-feira que Martin é acusado de crime de primeiro grau (quando há intenção de matar). José Francisco Arruda, 41 anos, primo de Maria Elisa Gonçalves Toledo, 52 anos, mãe da vítima, diz que o consulado tem mantido a família informada. “Estamos na expectativa e angústia com relação à chegada do corpo.” Ao Diário, na última quinta-feira, a empresa responsável pelo intercâmbio, Au Pair Care, informou que arcaria com todas as despesas de traslado do corpo, inclusive o funeral no Brasil. O corpo de Ana Elisa será enterrado no cemitério da Vila Pires, em Santo André.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Corpo de babá assassinada deve chegar nesta quarta-feira

Verônica Fraidenraich
Do Diário do Grande ABC

20/12/2005 | 08:27


O corpo de Ana Elisa Gonçalves de Toledo, 24 anos, deve chegar nesta quarta-feira ao país. A previsão é do Cônsul Geral do Brasil em Houston, nos Estados Unidos, que afirmou ter enviado segunda-feira toda a documentação necessária legalizada para a casa funerária onde se encontra o corpo, na cidade de Denver, no Colorado.

Ana Elisa, nascida em São Bernardo e cuja família vive em Santo André, foi morta a facadas, há uma semana, pelo ex-namorado checo, Martin Novotny, 22 anos. Ela viajou para Denver há um ano e quatro meses, pelo programa de intercâmbio Au Pair, para trabalhar de babá na casa de uma família. Martin, que também participou do programa, mas recentemente trabalhava num restaurante, se entregou após cometer o crime e está preso em Denver.

“Já terminamos de legalizar todos os documentos e enviamos por sedex para a casa funerária”, afirmou por telefone ao Diário Alba Castro Alves, do setor de assistência a brasileiros do consulado. Entre os documentos exigidos estão o de óbito brasileiro e americano, de que a moça não portava doenças contagiosas e de que a preparação do corpo obedece às leis do Estado de Colorado.

Segundo Alba, assim que a casa funerária receber a documentação, nesta quarta-feira, deve embarcar o corpo para o Brasil. Pela internet, o jornal Denver Post noticiou segunda-feira que Martin é acusado de crime de primeiro grau (quando há intenção de matar). José Francisco Arruda, 41 anos, primo de Maria Elisa Gonçalves Toledo, 52 anos, mãe da vítima, diz que o consulado tem mantido a família informada. “Estamos na expectativa e angústia com relação à chegada do corpo.” Ao Diário, na última quinta-feira, a empresa responsável pelo intercâmbio, Au Pair Care, informou que arcaria com todas as despesas de traslado do corpo, inclusive o funeral no Brasil. O corpo de Ana Elisa será enterrado no cemitério da Vila Pires, em Santo André.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;