Economia

Há condição de entregar reforma da Previdência no dia 10, diz Simone Tebet


A presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, Simone Tebet (MDB-MS), afirmou nesta quinta-feira, 19, que a Casa pode concluir a votação da reforma da Previdência no dia 10 de outubro. De acordo com ela, a CCJ deverá discutir e votar o parecer sobre a reforma na próxima semana, na terça-feira.

A proposta deverá ser votada em primeiro turno pelo plenário ainda no mesmo dia. E o segundo turno da proposta de emenda à Constituição deverá ficar para a semana seguinte.

Entre os dois turnos, os senadores poderão apresentar emendas de redação, ou seja, que não alterem o mérito da proposta.

"O calendário que muitos não acreditavam que seria mantido, continua valendo. Dez de outubro temos condições de entregar para o Brasil a reforma da Previdência", disse a senadora.

PEC Paralela

Tebet afirmou também que a chamada PEC Paralela, que chegou nesta quinta à CCJ, também será relatada pelo senador Tasso Jereissati (PSDB-CE). Ela já possui 189 emendas. De acordo com a senadora, o relator só irá apresentar seu parecer à proposta depois que a Casa concluir a votação do texto da reforma principal.

"O senador vai aguardar a votação da reforma principal em primeiro turno no plenário para que, nesse meio tempo, entre a primeira votação e a segunda votação em plenário, ele faça uma audiência pública, ouça os colegas e receba novas emendas", disse Simone Tebet.

Comentários


Veja Também


Há condição de entregar reforma da Previdência no dia 10, diz Simone Tebet

A presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, Simone Tebet (MDB-MS), afirmou nesta quinta-feira, 19, que a Casa pode concluir a votação da reforma da Previdência no dia 10 de outubro. De acordo com ela, a CCJ deverá discutir e votar o parecer sobre a reforma na próxima seman...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar