Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Deputado pode ser proibido de usar chapéu


Das Agências

12/04/2007 | 07:03


A Mesa da Câmara deve publicar um ato para normatizar a vestimenta dos deputados no plenário. A norma tem o objetivo de impedir o deputado Mão Branca (PV-BA) de continuar freqüentando as sessões usando um chapéu de couro no estilo sertanejo.

A decisão foi tomada quarta-feira durante reunião da Mesa Diretora a pedido do primeiro vice-presidente da Casa, Nárcio Rodrigues (PSDB-MG), um dos mais incomodados com o acessório do colega, e que contou com o apoio dos demais integrantes.

Mão Branca disse que vai resistir até o final para ter o direito de usar o chapéu. “Quando me candidatei, os meus eleitores sabiam que eu usava o chapéu e eu não vou tirar”, disse. Ele considerou uma “perda de tempo” a Câmara discutir o tipo de roupa que os parlamentares devem usar no plenário.

A Câmara deve definir que os deputados só podem participar das sessões usando calça comprida, paletó e gravata. A medida irá proibir adereços como chapéu e bombachas, entre outros.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Deputado pode ser proibido de usar chapéu

Das Agências

12/04/2007 | 07:03


A Mesa da Câmara deve publicar um ato para normatizar a vestimenta dos deputados no plenário. A norma tem o objetivo de impedir o deputado Mão Branca (PV-BA) de continuar freqüentando as sessões usando um chapéu de couro no estilo sertanejo.

A decisão foi tomada quarta-feira durante reunião da Mesa Diretora a pedido do primeiro vice-presidente da Casa, Nárcio Rodrigues (PSDB-MG), um dos mais incomodados com o acessório do colega, e que contou com o apoio dos demais integrantes.

Mão Branca disse que vai resistir até o final para ter o direito de usar o chapéu. “Quando me candidatei, os meus eleitores sabiam que eu usava o chapéu e eu não vou tirar”, disse. Ele considerou uma “perda de tempo” a Câmara discutir o tipo de roupa que os parlamentares devem usar no plenário.

A Câmara deve definir que os deputados só podem participar das sessões usando calça comprida, paletó e gravata. A medida irá proibir adereços como chapéu e bombachas, entre outros.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;