Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 11 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Rubén Magnano vê basquete pronto para Londres


das Agências

24/07/2012 | 07:00


A delegação brasileira de basquete masculino desembarcou ontem em Londres confiante no desempenho nos Jogos Olímpicos. O técnico Rubén Magnano deixou claro que o time está pronto para a luta e tem condições totais de realizar bom papel na terra da rainha.

Considerado o principal responsável por levar o Brasil aos Jogos após 16 de ausência, o argentino garante que a Seleção tem condições de enfrentar qualquer adversário em Londres. "Podemos jogar contra Estados Unidos, Argentina, Grécia, França, Espanha. Estamos prontos para lutar com toda força aqui", garantiu Magnano.

O argentino também destacou que, apesar da primeira Olimpíada, os jogadores estão prontos.

"A experiência não se compra, se vive. Eles viveram uma quantidade de coisas, agora temos muito mais experiência. Esperamos aproveitar isso na hora de jogar", frisou o treinador. "Fazia 16 anos que o Brasil não vinha à Olimpíada. Para nós, é reconhecimento enorme. Mas é claro que agora queremos entrar na lista das grandes equipes", completou.

AMISTOSO DE LUXO

Os Estados Unidos realizam hoje, contra a Espanha, a partida que pode ser prévia da final dos Jogos. Para o ala-pivô LeBron James, o Dream Team cresce a cada dia, apesar da dificuldade em bater a Argentina (86 a 80), domingo.

"Estamos melhores e mais eficientes nos últimos dias. Só de estar junto na quadra, jogando, você melhora gradativamente, e temos feito isso", destacou James.

As duas seleções reeditam a decisão de Pequim, onde os Estados Unidos venceram.

 

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Rubén Magnano vê basquete pronto para Londres

das Agências

24/07/2012 | 07:00


A delegação brasileira de basquete masculino desembarcou ontem em Londres confiante no desempenho nos Jogos Olímpicos. O técnico Rubén Magnano deixou claro que o time está pronto para a luta e tem condições totais de realizar bom papel na terra da rainha.

Considerado o principal responsável por levar o Brasil aos Jogos após 16 de ausência, o argentino garante que a Seleção tem condições de enfrentar qualquer adversário em Londres. "Podemos jogar contra Estados Unidos, Argentina, Grécia, França, Espanha. Estamos prontos para lutar com toda força aqui", garantiu Magnano.

O argentino também destacou que, apesar da primeira Olimpíada, os jogadores estão prontos.

"A experiência não se compra, se vive. Eles viveram uma quantidade de coisas, agora temos muito mais experiência. Esperamos aproveitar isso na hora de jogar", frisou o treinador. "Fazia 16 anos que o Brasil não vinha à Olimpíada. Para nós, é reconhecimento enorme. Mas é claro que agora queremos entrar na lista das grandes equipes", completou.

AMISTOSO DE LUXO

Os Estados Unidos realizam hoje, contra a Espanha, a partida que pode ser prévia da final dos Jogos. Para o ala-pivô LeBron James, o Dream Team cresce a cada dia, apesar da dificuldade em bater a Argentina (86 a 80), domingo.

"Estamos melhores e mais eficientes nos últimos dias. Só de estar junto na quadra, jogando, você melhora gradativamente, e temos feito isso", destacou James.

As duas seleções reeditam a decisão de Pequim, onde os Estados Unidos venceram.

 

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;