Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 28 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Eloi contraria direção estadual do Avante e diz que vai se lançar à Prefeitura de Sto.André

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Empresário afirma que apresentará o nome para concorrer ao Paço durante convenção do partido, a despeito de a legenda enterrar sua pré-campanha


Da Redação
Do Diário do Grande ABC

24/07/2020 | 09:00


Apesar de a direção estadual do Avante ter retirado sua pré-candidatura à Prefeitura de Santo André na eleição de novembro, o empresário Erick Eloi encaminhou carta na quinta-feira à noite aos filiados dizendo que vai apresentar seu nome como concorrente ao Paço andreense na convenção do partido, ainda sem data definida.

Na semana passada, o presidente estadual da legenda, Josué Tavares, em consonância com o dirigente andreense, José Evangelista, anunciou o abandono da pré-candidatura própria do Avante em Santo André sob alegação de falta de viabilidade eleitoral – na visão de Tavares, a pandemia atrapalhou os planos de Eloi, que se filiou à sigla neste ano com objetivo de se lançar ao Executivo (Eloi foi filiado ao PT).

A decisão fez emergir briga dentro do partido, com Eloi acusando Tavares de cobrar R$ 1 milhão antecipados para afiançar a pré-campanha. O presidente estadual, por sua vez, divulgou áudio de reunião na qual Eloi é quem afirma que pagará a quantia para seguir com o projeto eleitoral. O caso parou na delegacia.

“Minha candidatura nasceu do desejo de cidadãos e cidadãs que clamam por mudança na política, buscando representar aqueles que desejam soluções novas para os velhos problemas de Santo André. Nosso objetivo maior é estreitar os laços entre as instituições públicas e as pessoas, pois somente através da participação política efetiva do povo é que mudaremos essa realidade”, discorreu Eloi, na carta aos filiados.

“É com este espírito que me dirijo a vocês, com intuito maior de buscar, como direito de filiado do Avante que sou, apresentar a minha candidatura a prefeito de Santo André na convenção municipal do partido, que deve ser convocada de maneira ampla e transparente para esse fim. Qualquer caminho antidemocrático escolhido pelas instâncias partidárias, seja essa a estadual ou nacional, que desrespeite o estatuto partidário, ameaça a nossa possibilidade de eleger uma bancada representativa de vereadores, além de permitir a contestação judicial da legalidade das decisões tomadas”, emendou o empresário. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Eloi contraria direção estadual do Avante e diz que vai se lançar à Prefeitura de Sto.André

Empresário afirma que apresentará o nome para concorrer ao Paço durante convenção do partido, a despeito de a legenda enterrar sua pré-campanha

Da Redação
Do Diário do Grande ABC

24/07/2020 | 09:00


Apesar de a direção estadual do Avante ter retirado sua pré-candidatura à Prefeitura de Santo André na eleição de novembro, o empresário Erick Eloi encaminhou carta na quinta-feira à noite aos filiados dizendo que vai apresentar seu nome como concorrente ao Paço andreense na convenção do partido, ainda sem data definida.

Na semana passada, o presidente estadual da legenda, Josué Tavares, em consonância com o dirigente andreense, José Evangelista, anunciou o abandono da pré-candidatura própria do Avante em Santo André sob alegação de falta de viabilidade eleitoral – na visão de Tavares, a pandemia atrapalhou os planos de Eloi, que se filiou à sigla neste ano com objetivo de se lançar ao Executivo (Eloi foi filiado ao PT).

A decisão fez emergir briga dentro do partido, com Eloi acusando Tavares de cobrar R$ 1 milhão antecipados para afiançar a pré-campanha. O presidente estadual, por sua vez, divulgou áudio de reunião na qual Eloi é quem afirma que pagará a quantia para seguir com o projeto eleitoral. O caso parou na delegacia.

“Minha candidatura nasceu do desejo de cidadãos e cidadãs que clamam por mudança na política, buscando representar aqueles que desejam soluções novas para os velhos problemas de Santo André. Nosso objetivo maior é estreitar os laços entre as instituições públicas e as pessoas, pois somente através da participação política efetiva do povo é que mudaremos essa realidade”, discorreu Eloi, na carta aos filiados.

“É com este espírito que me dirijo a vocês, com intuito maior de buscar, como direito de filiado do Avante que sou, apresentar a minha candidatura a prefeito de Santo André na convenção municipal do partido, que deve ser convocada de maneira ampla e transparente para esse fim. Qualquer caminho antidemocrático escolhido pelas instâncias partidárias, seja essa a estadual ou nacional, que desrespeite o estatuto partidário, ameaça a nossa possibilidade de eleger uma bancada representativa de vereadores, além de permitir a contestação judicial da legalidade das decisões tomadas”, emendou o empresário. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;