Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Maria Ceiça se despede antes do previsto


Ana Clara Werneck
Da TV Press

23/11/2007 | 07:05


Em sua oitava novela, Maria Ceiça já sabe que, em se tratando de teledramaturgia, tudo pode mudar de uma hora para outra.

Pois foi assim que o autor Tiago Santiago resolveu alterar a sinopse inicial de Caminhos do Coração e matar a personagem de Maria, a enfermeira Rosana, no meio da trama.

Esta semana, está previsto que ela sofrerá um ataque de um vampiro e não resistirá. “Os mutantes ganharam mais espaço que o previsto na história, pois estão sendo bem recebidos pelo público”, explica ela, que ainda desconfia que Rosana ressurja, pois talvez não tenha morrido de verdade, ou que até possa ressuscitar, já que é uma trama calcada no realismo fantástico.

Perfil

Nome: Maria da Conceição Justino de Paula.
Nascimento: 18 de outubro, no Rio de Janeiro. “O ano não conto!”, avisa a atriz de 42 anos.
O primeiro trabalho na TV: Elenco de apoio em Pacto de Sangue, na Globo, em 1989.
Sua atuação inesquecível: “Tenho carinho especial por cada personagem”.
Momento marcante: “O nascimento de meus filhos, Vinícius e Leonardo”.
Com quem gostaria de contracenar: Danny Glover.
Se não fosse atriz, o que seria: Cantora.
Melhor abertura de novela: Uga Uga.
Canção inesquecível de trilha sonora: Todas as músicas do filme Em Algum Lugar do Passado, de Jeannot Szwarc.
Vilão marcante: Odete Roitman, de Vale Tudo.
Personagem mais difícil de compor: Selma, em As Filhas do Vento.
Papel que gostaria de representar: Liuba Andreievna, de O Jardim das Cerejeiras, de Anton Tchekov.
Vexame: Esquecer o nome das pessoas.
Projeto: Fazer muito filmes.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Maria Ceiça se despede antes do previsto

Ana Clara Werneck
Da TV Press

23/11/2007 | 07:05


Em sua oitava novela, Maria Ceiça já sabe que, em se tratando de teledramaturgia, tudo pode mudar de uma hora para outra.

Pois foi assim que o autor Tiago Santiago resolveu alterar a sinopse inicial de Caminhos do Coração e matar a personagem de Maria, a enfermeira Rosana, no meio da trama.

Esta semana, está previsto que ela sofrerá um ataque de um vampiro e não resistirá. “Os mutantes ganharam mais espaço que o previsto na história, pois estão sendo bem recebidos pelo público”, explica ela, que ainda desconfia que Rosana ressurja, pois talvez não tenha morrido de verdade, ou que até possa ressuscitar, já que é uma trama calcada no realismo fantástico.

Perfil

Nome: Maria da Conceição Justino de Paula.
Nascimento: 18 de outubro, no Rio de Janeiro. “O ano não conto!”, avisa a atriz de 42 anos.
O primeiro trabalho na TV: Elenco de apoio em Pacto de Sangue, na Globo, em 1989.
Sua atuação inesquecível: “Tenho carinho especial por cada personagem”.
Momento marcante: “O nascimento de meus filhos, Vinícius e Leonardo”.
Com quem gostaria de contracenar: Danny Glover.
Se não fosse atriz, o que seria: Cantora.
Melhor abertura de novela: Uga Uga.
Canção inesquecível de trilha sonora: Todas as músicas do filme Em Algum Lugar do Passado, de Jeannot Szwarc.
Vilão marcante: Odete Roitman, de Vale Tudo.
Personagem mais difícil de compor: Selma, em As Filhas do Vento.
Papel que gostaria de representar: Liuba Andreievna, de O Jardim das Cerejeiras, de Anton Tchekov.
Vexame: Esquecer o nome das pessoas.
Projeto: Fazer muito filmes.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;