Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Camponeses querem ajuda do papa em negociação no México


Das Agências

30/07/2002 | 13:27


Camponeses mexicanos enviaram uma carta a João Paulo II, que chega ao México nesta terça-feira, pedindo-lhe que convença o presidente Vicente Fox a recebê-los para uma negociação, caso contrário estariam dispostos a abrir fogo no dia em que o papa for embora do país.

Os camponeses querem "evitar que as empresas continuem tomando de nós o único patrimônio que temos, nossas terras, por causa da miséria em que vive a maioria dos mexicanos por não contar com canais de comercialização adequados que poderiam baixar o preço da cesta básica".

Na carta também demonstram o carinho que sentem pelo Papa, que visita o país pela quinta vez, para a santificação do indígena Juan Diego e a beatificação de outros dois indígenas.

"Através desta carta pedimos sua valiosa intervenção ante o senhor presidente Vicente Fox Quesada para que nos conceda uma audiência para escutar nossas necessidades e ver o projeto que temos para ir adiante e acabar com a nossa fome", explicaram.

Se conseguir a entrevista com Fox, "o senhor estará salvando a vida de três companheiros que estariam dispostos a abrir fogo no dia em que o senhor for embora do nosso país". A carta foi assinada pela Convergência de Organizações Sociais, Gustavo Guerrero, e pela Nova Sociedade, Rosendo Sánchez Maciel e Samuel Concepción Lozano.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Camponeses querem ajuda do papa em negociação no México

Das Agências

30/07/2002 | 13:27


Camponeses mexicanos enviaram uma carta a João Paulo II, que chega ao México nesta terça-feira, pedindo-lhe que convença o presidente Vicente Fox a recebê-los para uma negociação, caso contrário estariam dispostos a abrir fogo no dia em que o papa for embora do país.

Os camponeses querem "evitar que as empresas continuem tomando de nós o único patrimônio que temos, nossas terras, por causa da miséria em que vive a maioria dos mexicanos por não contar com canais de comercialização adequados que poderiam baixar o preço da cesta básica".

Na carta também demonstram o carinho que sentem pelo Papa, que visita o país pela quinta vez, para a santificação do indígena Juan Diego e a beatificação de outros dois indígenas.

"Através desta carta pedimos sua valiosa intervenção ante o senhor presidente Vicente Fox Quesada para que nos conceda uma audiência para escutar nossas necessidades e ver o projeto que temos para ir adiante e acabar com a nossa fome", explicaram.

Se conseguir a entrevista com Fox, "o senhor estará salvando a vida de três companheiros que estariam dispostos a abrir fogo no dia em que o senhor for embora do nosso país". A carta foi assinada pela Convergência de Organizações Sociais, Gustavo Guerrero, e pela Nova Sociedade, Rosendo Sánchez Maciel e Samuel Concepción Lozano.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;