Fechar
Publicidade

Sábado, 27 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Santo André/Diário recebe o Sesi por ponta da Superliga B

Denis Maciel/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Equipe andreense vai com tudo para cima dos paulistanos para conquistar vantagem nas fases quartas de final e semifinal da competição nacional


Felipe Simões
Do Diário do Grande ABC

21/02/2015 | 07:00


O atual terceiro lugar do Santo André/Diário na Superliga B dá vantagem à equipe nas quartas de final. Mas o time não se contenta com isso e vai para cima do Sesi, às 16h, no Ginásio Pedro Dell’Antonia, pela quarta rodada da competição, para subir ainda mais na tabela.

A vontade tem explicação: terminando a fase classificatória em primeiro ou segundo, existe a vantagem de decidir as quartas de final e a semifinal em casa. Além disso, o Sesi tem sete pontos, mas leva vantagem no critério de desempate e ocupa a segunda posição, assim como o Bento Vôlei, que é o primeiro colocado.

“Amanhã (hoje), temos que manter o foco. (O Sesi) É uma garotada que vem de peito aberto, a fim de jogo, então eles não têm muita responsabilidade. Se a gente impuser um padrão bom e mantiver o ritmo, sairemos com a vitória. Se não fizermos isso, corremos o risco de perder. Queremos nos manter nas primeiras colocações”, destacou o técnico Marcelo Madeira.

O desafio do Santo André/Diário é maior porque o Sesi já tem uma equipe na Superliga e, mesmo que seja campeã, não conquistará o acesso. Por isso, os jogadores não têm a mesma responsabilidade ao entrar em quadra, como conta o ponteiro Jonatas, que atuou no Sada Cruzeiro Unifemm, que também disputa a Superliga B.

“Já joguei em equipe assim. Eles vêm para cima com toda a pegada que têm. Temos que realizar o nosso jogo e manter o ritmo. E fazer o que fazemos no treino: cada um dando o seu melhor em quadra para passarmos por eles”, comentou o jogador.

SUPERLIGA

Ontem, as duas equipes da região perderam na Superliga Feminina. O São Bernardo foi derrotado por 3 sets a 0 (22/25, 18/25 e 14/25) pelo Rexona-Ades, do Rio de Janeiro, que continua na liderança da competição e ampliou a invencibilidade para 18 partidas.

Já o São Cristóvão Saúde/São Caetano caiu ante o Molico/Nestlé, de Osasco, por 3 sets a 2 (19/25, 25/17, 15/25, 25/22 e 12/15).

Às 17h de hoje, o já eliminado São Bernardo enfrenta o Taubaté/Funvic no Ginásio Poliesportivo pela Superliga Masculina.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Santo André/Diário recebe o Sesi por ponta da Superliga B

Equipe andreense vai com tudo para cima dos paulistanos para conquistar vantagem nas fases quartas de final e semifinal da competição nacional

Felipe Simões
Do Diário do Grande ABC

21/02/2015 | 07:00


O atual terceiro lugar do Santo André/Diário na Superliga B dá vantagem à equipe nas quartas de final. Mas o time não se contenta com isso e vai para cima do Sesi, às 16h, no Ginásio Pedro Dell’Antonia, pela quarta rodada da competição, para subir ainda mais na tabela.

A vontade tem explicação: terminando a fase classificatória em primeiro ou segundo, existe a vantagem de decidir as quartas de final e a semifinal em casa. Além disso, o Sesi tem sete pontos, mas leva vantagem no critério de desempate e ocupa a segunda posição, assim como o Bento Vôlei, que é o primeiro colocado.

“Amanhã (hoje), temos que manter o foco. (O Sesi) É uma garotada que vem de peito aberto, a fim de jogo, então eles não têm muita responsabilidade. Se a gente impuser um padrão bom e mantiver o ritmo, sairemos com a vitória. Se não fizermos isso, corremos o risco de perder. Queremos nos manter nas primeiras colocações”, destacou o técnico Marcelo Madeira.

O desafio do Santo André/Diário é maior porque o Sesi já tem uma equipe na Superliga e, mesmo que seja campeã, não conquistará o acesso. Por isso, os jogadores não têm a mesma responsabilidade ao entrar em quadra, como conta o ponteiro Jonatas, que atuou no Sada Cruzeiro Unifemm, que também disputa a Superliga B.

“Já joguei em equipe assim. Eles vêm para cima com toda a pegada que têm. Temos que realizar o nosso jogo e manter o ritmo. E fazer o que fazemos no treino: cada um dando o seu melhor em quadra para passarmos por eles”, comentou o jogador.

SUPERLIGA

Ontem, as duas equipes da região perderam na Superliga Feminina. O São Bernardo foi derrotado por 3 sets a 0 (22/25, 18/25 e 14/25) pelo Rexona-Ades, do Rio de Janeiro, que continua na liderança da competição e ampliou a invencibilidade para 18 partidas.

Já o São Cristóvão Saúde/São Caetano caiu ante o Molico/Nestlé, de Osasco, por 3 sets a 2 (19/25, 25/17, 15/25, 25/22 e 12/15).

Às 17h de hoje, o já eliminado São Bernardo enfrenta o Taubaté/Funvic no Ginásio Poliesportivo pela Superliga Masculina.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;