Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 3 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Adilson Batista não pensa em decisão antecipada no Rio


Carlos Tadeu, com Agências

13/09/2010 | 07:37


Depois da derrota para o Grêmio (1 a 0), sábado, a primeira do Corinthians no Pacaembu neste Campeonato Brasileiro, o técnico Adilson Batista afirmou que sua equipe, vice-líder com 38 pontos e um jogo a menos, não deverá entrar em campo diante do líder Fluminense (41), quarta-feira, às 22h, no Engenhão, no Rio de Janeiro, em clima de final antecipada.

Não só porque os cariocas também perderam na última rodada - 2 a 1 para o Atlético-GO -, mas principalmente porque existem outras equipes próximas ao topo da tabela, e ainda muita bola vai rolar até o fim do Brasileirão.

"Não é decisão antecipada. É jogo importante, difícil, contra um adversário que está na nossa frente", observou o comandante alvinegro. "Trata-se de um bom time, bem treinado, mas o Corinthians tem condições de ir lá e vencer. Não é a final do campeonato, porque outros times estão chegando. Tem o Botafogo, o Cruzeiro, o São Paulo, o Santos, o Inter", declarou Adilson, que ainda lembrou das últimas edições do Brasileirão.

"Temos exemplos recentes de um time que estava 11 pontos atrás e conseguiu se recuperar, além de outro que estava sete pontos à frente e perdeu. O campeonato está em aberto. Por isso, é importante manter a atenção", completou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Adilson Batista não pensa em decisão antecipada no Rio

Carlos Tadeu, com Agências

13/09/2010 | 07:37


Depois da derrota para o Grêmio (1 a 0), sábado, a primeira do Corinthians no Pacaembu neste Campeonato Brasileiro, o técnico Adilson Batista afirmou que sua equipe, vice-líder com 38 pontos e um jogo a menos, não deverá entrar em campo diante do líder Fluminense (41), quarta-feira, às 22h, no Engenhão, no Rio de Janeiro, em clima de final antecipada.

Não só porque os cariocas também perderam na última rodada - 2 a 1 para o Atlético-GO -, mas principalmente porque existem outras equipes próximas ao topo da tabela, e ainda muita bola vai rolar até o fim do Brasileirão.

"Não é decisão antecipada. É jogo importante, difícil, contra um adversário que está na nossa frente", observou o comandante alvinegro. "Trata-se de um bom time, bem treinado, mas o Corinthians tem condições de ir lá e vencer. Não é a final do campeonato, porque outros times estão chegando. Tem o Botafogo, o Cruzeiro, o São Paulo, o Santos, o Inter", declarou Adilson, que ainda lembrou das últimas edições do Brasileirão.

"Temos exemplos recentes de um time que estava 11 pontos atrás e conseguiu se recuperar, além de outro que estava sete pontos à frente e perdeu. O campeonato está em aberto. Por isso, é importante manter a atenção", completou.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;