Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Neymar volta, marca e Brasil vence

Pedro Martins/MoWA Press  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Atacante tem atuação determinante nos 2 a 0 contra a Croácia em amistoso em Liverpool


da Redação

04/06/2018 | 07:07


 Neymar voltou em grande estilo. Fez um golaço e abriu o caminho da vitória, por 2 a 0, da Seleção Brasileira sobre a Croácia, ontem, em Liverpool, no penúltimo teste da equipe de Tite antes da Copa do Mundo. Firmino anotou o outro gol. O craque do Paris Saint-Germain fez a diferença em partida em que o time, diante de um adversário de qualidade, não jogou bem e mostrou defeitos que precisarão ser corrigidos rapidamente, pois a estreia na campanha que visa o hexacampeonato será em 14 dias. No domingo, o Brasil fará o último amistoso preparatório, diante da Áustria, em Viena.

Depois de mais de três meses longe dos campos e da cirurgia no quinto metatarso do pé direito, Neymar entrou no segundo tempo da partida no Estádio de Anfield Road. Não movimentou-se muito, mas não teve receio de disputar as jogadas, tentou algumas arrancadas, sofreu duas faltas por trás e, quando teve a chance, não perdoou.

Antes disso, porém, a Seleção sofreu. Os europeus têm proposta de jogo semelhante à da equipe de Tite e, ao empregá-la, não permitiram que a seleção jogasse na primeira etapa. A marcação forte desde a saída de bola, o encurtamento dos espaços e o bom posicionamento defensivo não permitiram que os brasileiros criassem nada nos primeiros 30 minutos.

Na etapa final, com Neymar em campo no lugar de Fernandinho, o Brasil voltou ao esquema mais ofensivo e melhorou. Passou a tomar a iniciativa do jogo de forma efetiva e a jogar mais no campo adversário.

Aos 23 minutos, Neymar mostrou porque é um dos melhores do mundo. Recebeu de Willian pela esquerda, faixa que gosta, driblou dois zagueiros e mandou um balaço, indefensável para o goleiro Subaric.

Ainda deu tempo para a estrela da casa, Roberto Firmino, fazer o segundo aos 47, ao ganhar disputa com a zaga e encobrindo o goleiro com bonito toque.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Neymar volta, marca e Brasil vence

Atacante tem atuação determinante nos 2 a 0 contra a Croácia em amistoso em Liverpool

da Redação

04/06/2018 | 07:07


 Neymar voltou em grande estilo. Fez um golaço e abriu o caminho da vitória, por 2 a 0, da Seleção Brasileira sobre a Croácia, ontem, em Liverpool, no penúltimo teste da equipe de Tite antes da Copa do Mundo. Firmino anotou o outro gol. O craque do Paris Saint-Germain fez a diferença em partida em que o time, diante de um adversário de qualidade, não jogou bem e mostrou defeitos que precisarão ser corrigidos rapidamente, pois a estreia na campanha que visa o hexacampeonato será em 14 dias. No domingo, o Brasil fará o último amistoso preparatório, diante da Áustria, em Viena.

Depois de mais de três meses longe dos campos e da cirurgia no quinto metatarso do pé direito, Neymar entrou no segundo tempo da partida no Estádio de Anfield Road. Não movimentou-se muito, mas não teve receio de disputar as jogadas, tentou algumas arrancadas, sofreu duas faltas por trás e, quando teve a chance, não perdoou.

Antes disso, porém, a Seleção sofreu. Os europeus têm proposta de jogo semelhante à da equipe de Tite e, ao empregá-la, não permitiram que a seleção jogasse na primeira etapa. A marcação forte desde a saída de bola, o encurtamento dos espaços e o bom posicionamento defensivo não permitiram que os brasileiros criassem nada nos primeiros 30 minutos.

Na etapa final, com Neymar em campo no lugar de Fernandinho, o Brasil voltou ao esquema mais ofensivo e melhorou. Passou a tomar a iniciativa do jogo de forma efetiva e a jogar mais no campo adversário.

Aos 23 minutos, Neymar mostrou porque é um dos melhores do mundo. Recebeu de Willian pela esquerda, faixa que gosta, driblou dois zagueiros e mandou um balaço, indefensável para o goleiro Subaric.

Ainda deu tempo para a estrela da casa, Roberto Firmino, fazer o segundo aos 47, ao ganhar disputa com a zaga e encobrindo o goleiro com bonito toque.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;