Fechar
Publicidade

Sábado, 11 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Rede nigeriana de prostituição é descoberta na França


Da AFP

13/09/2002 | 08:27


A polícia francesa desmantelou uma rede nigeriana de prostituição que agia em todo território e prendeu 45 pessoas, 43 prostitutas e os dois chefes que dirigiam a organização em Paris, segundo fontes locais.

Os policiais encontraram na casa dos líderes da rede 11 mil euros e documentos administrativos para solicitar asilo político na França.

A maior parte dos detidos, colocados em prisão preventiva, se encontram em situação ilegal na França.

A polícia começou as investigações há seis meses ao notar um aumento de prostitutas vindas da Nigéria e Serra Leoa na cidade de Reims (noreste) e acabou descobrindo uma rede estruturada em todo o país.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Rede nigeriana de prostituição é descoberta na França

Da AFP

13/09/2002 | 08:27


A polícia francesa desmantelou uma rede nigeriana de prostituição que agia em todo território e prendeu 45 pessoas, 43 prostitutas e os dois chefes que dirigiam a organização em Paris, segundo fontes locais.

Os policiais encontraram na casa dos líderes da rede 11 mil euros e documentos administrativos para solicitar asilo político na França.

A maior parte dos detidos, colocados em prisão preventiva, se encontram em situação ilegal na França.

A polícia começou as investigações há seis meses ao notar um aumento de prostitutas vindas da Nigéria e Serra Leoa na cidade de Reims (noreste) e acabou descobrindo uma rede estruturada em todo o país.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;