Fechar
Publicidade

Domingo, 29 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Meia Diego arruma nova polêmica


Adriana Mompean
Do Diário do Grande ABC
Com Agências

28/09/2003 | 21:12


Definitivamente, esta não foi uma das melhores semanas para o meia Diego, do Santos – que, na derrota do Peixe para o Internacional, no último sábado, por 1 a 0, envolveu-se em uma nova polêmica. Desta vez, o jogador foi acusado pelos atletas do Colorado de ter jogado ao chão uma camisa do clube, durante o intervalo da partida em Porto Alegre. A primeira confusão envolvendo o nome do jogador ocorreu na última quarta-feira, quando o atleta teria agredido dois adolescentes em um shopping de Santos.

Na entrada ao vestiário, no intervalo da partida na capital gaúcha, Diego trocou uma camisa com o jogador Claiton e, depois, jogou-a no chão. Diego se defendeu e declarou que nunca iria desrespeitar o adversário de tal maneira. “Eu jamais faria isso com a camisa de um clube campeão como o Inter”, disse. O jogador alega que um repórter lhe pediu a camisa e ele a entregou. Diego, que foi substituído na etapa complementar, foi alvo de reclamações da torcida adversária. “Tem muita gente maldosa querendo me prejudicar”, afirmou.

O jogador, que ficou uma semana afastado dos gramados devido a uma lesão, envolveu-se na última quarta-feira na primeira polêmica da semana. Diego foi acusado de agredir dois adolescentes. Segundo o jogador, um deles teria chutado sua namorada quando eles desciam uma escada rolante em um shopping. O pai de uma das vítimas registrou o caso no 3º Distrito Policial de Santos.

Arbitragem – O técnico do Santos, Émerson Leão, que defendeu o meia Diego das acusações, também polemizou diante da derrota do Peixe no Sul. Ele declarou que o time está sendo prejudicado pelos árbitros, sobretudo nas últimas rodadas. O treinador reclamou de um lance do primeiro tempo – quando, em sua opinião, o juiz teria anulado um gol legítimo do Peixe. Aos 46 minutos, após uma cobrança de falta, o meia Fabiano colocou a bola na rede, mas o auxiliar assinalou irregularidade.

O treinador também atribuiu a derrota por 1 a 0 aos erros de conclusão de seus atacantes. “Vários jogadores tiveram condições de abrir o placar, mas não conseguiram. Então, nós temos de aplaudir o Inter, que soube marcar o gol que não conseguimos”, afirma. O próximo desafio do Peixe é o clássico contra o São Paulo, no sábado, no Morumbi.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;