Fechar
Publicidade

Sábado, 22 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Premiê da India exige retirada da Caxemira


Do Diário do Grande ABC

20/02/2000 | 16:12


O primeiro-ministro da India, Atal Bihari Vajpayi, disse que nao negociará com o Paquistao até que este país se retire da Caxemira, segundo o jornal The Pioneer. Desde que a India e o Paquistao estiveram perto de uma guerra, em maio do ano passado, Nova Delhi tem dito que apenas conversará com seu vizinho depois que este parar de apoiar os rebeldes da Caxemira.

A India acusa o Paquistao de treinar e armar rebeldes islâmicos, o que é negado por Islamabad, que assegura que somente dá aos guerrilheiros apoio moral e diplomático.

Em um comício eleitoral realizado ontem no estado de Bihar, Vajpayi disse que há uma grande pressao para que a India inicie negociaçoes com o Paquistao, mas que nao cederia diante delas, informou The Pioneer.

India e Paquistao travaram duas guerras pela Caxemira desde que ambos obtiveram a independência da Gra-Bretanha, em 1947. A India tem dois terços do território himalaio e o Paquistao, um terço restante. Ambos reivindicam a totalidade da Caxemira.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Premiê da India exige retirada da Caxemira

Do Diário do Grande ABC

20/02/2000 | 16:12


O primeiro-ministro da India, Atal Bihari Vajpayi, disse que nao negociará com o Paquistao até que este país se retire da Caxemira, segundo o jornal The Pioneer. Desde que a India e o Paquistao estiveram perto de uma guerra, em maio do ano passado, Nova Delhi tem dito que apenas conversará com seu vizinho depois que este parar de apoiar os rebeldes da Caxemira.

A India acusa o Paquistao de treinar e armar rebeldes islâmicos, o que é negado por Islamabad, que assegura que somente dá aos guerrilheiros apoio moral e diplomático.

Em um comício eleitoral realizado ontem no estado de Bihar, Vajpayi disse que há uma grande pressao para que a India inicie negociaçoes com o Paquistao, mas que nao cederia diante delas, informou The Pioneer.

India e Paquistao travaram duas guerras pela Caxemira desde que ambos obtiveram a independência da Gra-Bretanha, em 1947. A India tem dois terços do território himalaio e o Paquistao, um terço restante. Ambos reivindicam a totalidade da Caxemira.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;