Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Iraque convoca açoes contra os EUA no mundo árabe


Do Diário do Grande ABC

14/10/2000 | 13:20


O partido Baath do presidente iraquiano Saddam Hussein lançou um convocaçao neste sábado para que o mundo árabe empreenda açoes contra os Estados Unidos, em resposta à atitude de Washington em relaçao aos palestinos e ao Iraque.

``Todo americano que represente o Governo e os organismos oficiais americanos no mundo árabe devem ser considerados um inimigo da naçao'', indica um comunicado do Baath publicado pela imprensa local.

O jornal Babel divulgou uma lista com os nomes de 20 voluntários ``dispostos a participar em ataques suicidas contra a entidade sionista nos territórios ocupados da Palestina''.

O próprio filho mais velho do presidente, Udai Saddam, que é diretor do jornal, voluntariou-se para lutar na Guerra Santa contra Israel depois que o gabinete do Governo convocou voluntários para esta missao há uma semana. Cerca de um milhao de pessoas também se ofereceu para a tarefa.

O Baath condenou os EUA e Israel e afirmou que qualquer líder árabe que nao lutar pela ``libertaçao da Palestina é um traidor''.

Também convocou os árabes que vivem no Golfo Pérsico, onde inúmeras demonstraçoes de apoio aos palestinos têm sido realizadas, a expulsar o exército e a marinha americanas da regiao.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Iraque convoca açoes contra os EUA no mundo árabe

Do Diário do Grande ABC

14/10/2000 | 13:20


O partido Baath do presidente iraquiano Saddam Hussein lançou um convocaçao neste sábado para que o mundo árabe empreenda açoes contra os Estados Unidos, em resposta à atitude de Washington em relaçao aos palestinos e ao Iraque.

``Todo americano que represente o Governo e os organismos oficiais americanos no mundo árabe devem ser considerados um inimigo da naçao'', indica um comunicado do Baath publicado pela imprensa local.

O jornal Babel divulgou uma lista com os nomes de 20 voluntários ``dispostos a participar em ataques suicidas contra a entidade sionista nos territórios ocupados da Palestina''.

O próprio filho mais velho do presidente, Udai Saddam, que é diretor do jornal, voluntariou-se para lutar na Guerra Santa contra Israel depois que o gabinete do Governo convocou voluntários para esta missao há uma semana. Cerca de um milhao de pessoas também se ofereceu para a tarefa.

O Baath condenou os EUA e Israel e afirmou que qualquer líder árabe que nao lutar pela ``libertaçao da Palestina é um traidor''.

Também convocou os árabes que vivem no Golfo Pérsico, onde inúmeras demonstraçoes de apoio aos palestinos têm sido realizadas, a expulsar o exército e a marinha americanas da regiao.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;