Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Eduardo Bolsonaro nomeia novos vice-líderes na Câmara

Reprodução/Instagram Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


22/10/2019 | 10:43


O atual líder da bancada do PSL na Câmara, deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), nomeou na manhã desta terça-feira, 22, seus novos vice-líderes, todos parlamentares da ala "bolsonarista", ou seja, ligados ao presidente Jair Bolsonaro - e todos notificados nesta Segunda-feira (21) sobre o processo de suspensão pelo PSL. Eles deveriam comparecer à reunião do partido e têm a partir desta terça um prazo de cinco dias para apresentar defesa.

O primeiro vice-líder é Filipe Barros (PSL-PR). Os outros são Sanderson (RS), Carla Zambelli (SP), General Girão (CE), Márcio Labre (RJ), Alê Silva (MG), Daniel Silveira (RJ), Chris Tonietto (RJ), Junio Amaral (MG), Bibo Nunes (RS), Bia Kicis (DF), Luiz Philippe de Orleans e Bragança (RJ) e Luiz Ovando (MS).

Na segunda-feira, em seu primeiro ato como novo líder do PSL na Câmara, Eduardo determinou o desligamento de todos os vice-líderes do partido na Casa. Eduardo foi confirmado no cargo na manhã de segunda após receber o apoio de 28 dos 53 parlamentares da legenda - a lista original tinha 29 nomes, mas um não foi aceito pela Secretaria Geral da Mesa.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Eduardo Bolsonaro nomeia novos vice-líderes na Câmara


22/10/2019 | 10:43


O atual líder da bancada do PSL na Câmara, deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), nomeou na manhã desta terça-feira, 22, seus novos vice-líderes, todos parlamentares da ala "bolsonarista", ou seja, ligados ao presidente Jair Bolsonaro - e todos notificados nesta Segunda-feira (21) sobre o processo de suspensão pelo PSL. Eles deveriam comparecer à reunião do partido e têm a partir desta terça um prazo de cinco dias para apresentar defesa.

O primeiro vice-líder é Filipe Barros (PSL-PR). Os outros são Sanderson (RS), Carla Zambelli (SP), General Girão (CE), Márcio Labre (RJ), Alê Silva (MG), Daniel Silveira (RJ), Chris Tonietto (RJ), Junio Amaral (MG), Bibo Nunes (RS), Bia Kicis (DF), Luiz Philippe de Orleans e Bragança (RJ) e Luiz Ovando (MS).

Na segunda-feira, em seu primeiro ato como novo líder do PSL na Câmara, Eduardo determinou o desligamento de todos os vice-líderes do partido na Casa. Eduardo foi confirmado no cargo na manhã de segunda após receber o apoio de 28 dos 53 parlamentares da legenda - a lista original tinha 29 nomes, mas um não foi aceito pela Secretaria Geral da Mesa.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;