Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Santo André dá início a projeto de pista de skate no Valparaíso

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Equipamento de 5.161 metros quadrados será o mais moderno da América Latina


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

20/09/2019 | 07:00


Berço de alguns dos maiores skatistas brasileiros, Santo André vai ganhar pista do tamanho da sua representatividade na modalidade. Ontem, o prefeito Paulo Serra (PSDB) assinou ordem de serviço para elaboração do projeto executivo do Skate Park, que vai contar com uma das mais modernas pistas de skate da América Latina. O local escolhido para a construção foi a Praça Doutor Sérgio Cyrino da Silva, na Avenida Atlântica, no Valparaíso.

O equipamento terá 5.161 metros quadrados, divididos em pistas park e street – modalidades que vão estrear na Olimpíada de Tóquio, em 2020. A primeira é composta por bowl (tigela, em inglês) e a segunda é mais tradicional, com obstáculos encontrados também nas ruas, como escadas, rampas e corrimãos. O espaço ainda terá estacionamento, lojas, restaurantes, arquibancadas, auditório, sala de musculação e treinamento funcional, sala médica, sala de imprensa, vestiários, sanitários, cozinha, entre outras estruturas.

O custo da obra, que começa em novembro, é de R$ 5 milhões, provenientes da linha de crédito recebida junto à Caixa, por meio do Finisa (Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento). A previsão é que o equipamento seja entregue à população em seis meses.
“Santo André vai ganhar uma das mais modernas pistas da América Latina, além disso o entorno vai sair qualificado, porque vai ter aqui pista de caminhada, iluminação de LED, equipamentos de ginástica laboral e paisagismo. Tenho certeza de que será referência para a região, para o País e para o mundo”, projetou Paulo Serra.

O evento contou com a participação de vários skatistas, entre eles o mais famoso da cidade, Sandro Dias, o Mineirinho, hexacampeão mundial de skate e que nasceu em Santo André. “Frequentei muito essa praça e esse projeto é a realização de um sonho. Quando morava em Santo André tinha dificuldades de andar de skate pela falta de estrutura e fui para os Estados Unidos. Agora com essa pista, quem sabe não volte a morar definitivamente aqui”, brincou o multicampeão, que também é diretor esportivo da Confederação Brasileira de Skate. “Vai ficar apertado o prazo para ajudar nos treinos para Tóquio, mas o skate estará na Olimpíada de 2024 e será equipamento importante para os atletas”, destacou. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Santo André dá início a projeto de pista de skate no Valparaíso

Equipamento de 5.161 metros quadrados será o mais moderno da América Latina

Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

20/09/2019 | 07:00


Berço de alguns dos maiores skatistas brasileiros, Santo André vai ganhar pista do tamanho da sua representatividade na modalidade. Ontem, o prefeito Paulo Serra (PSDB) assinou ordem de serviço para elaboração do projeto executivo do Skate Park, que vai contar com uma das mais modernas pistas de skate da América Latina. O local escolhido para a construção foi a Praça Doutor Sérgio Cyrino da Silva, na Avenida Atlântica, no Valparaíso.

O equipamento terá 5.161 metros quadrados, divididos em pistas park e street – modalidades que vão estrear na Olimpíada de Tóquio, em 2020. A primeira é composta por bowl (tigela, em inglês) e a segunda é mais tradicional, com obstáculos encontrados também nas ruas, como escadas, rampas e corrimãos. O espaço ainda terá estacionamento, lojas, restaurantes, arquibancadas, auditório, sala de musculação e treinamento funcional, sala médica, sala de imprensa, vestiários, sanitários, cozinha, entre outras estruturas.

O custo da obra, que começa em novembro, é de R$ 5 milhões, provenientes da linha de crédito recebida junto à Caixa, por meio do Finisa (Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento). A previsão é que o equipamento seja entregue à população em seis meses.
“Santo André vai ganhar uma das mais modernas pistas da América Latina, além disso o entorno vai sair qualificado, porque vai ter aqui pista de caminhada, iluminação de LED, equipamentos de ginástica laboral e paisagismo. Tenho certeza de que será referência para a região, para o País e para o mundo”, projetou Paulo Serra.

O evento contou com a participação de vários skatistas, entre eles o mais famoso da cidade, Sandro Dias, o Mineirinho, hexacampeão mundial de skate e que nasceu em Santo André. “Frequentei muito essa praça e esse projeto é a realização de um sonho. Quando morava em Santo André tinha dificuldades de andar de skate pela falta de estrutura e fui para os Estados Unidos. Agora com essa pista, quem sabe não volte a morar definitivamente aqui”, brincou o multicampeão, que também é diretor esportivo da Confederação Brasileira de Skate. “Vai ficar apertado o prazo para ajudar nos treinos para Tóquio, mas o skate estará na Olimpíada de 2024 e será equipamento importante para os atletas”, destacou. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;