Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 23 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Autonomistas. O exemplo que vem de São Caetano


Ademir Medici

14/10/2016 | 07:00


São Caetano não foi a primeira cidade do Grande ABC a promover, e vencer, uma campanha autonomista. Antes de 1948 pelo menos mais quatro movimentos vitoriosos do gênero ocorreram, a saber:

1812 – A população esparsa da Borda do Campo luta pela criação da Freguesia de São Bernardo e ganha novo status como território da Capital, São Paulo. A maior conquista foi ter a primeira paróquia – no caso a da Boa Viagem – e um cartório civil.

1889 – Antigos brasileiros, imigrantes e a Igreja se irmanam e conseguem elevar a Freguesia de São Bernardo à categoria de município. A instalação ocorre no ano seguinte.

1938 – Em pleno regime ditatorial do Estado Novo, Santo André, distrito, se articula e consegue ser elevado à condição de sede do município, passando a perna em São Bernardo. O Município de São Bernardo, antiga Freguesia, passa a se chamar Município de Santo André, com instalação no ano seguinte. São Bernardo, vila, é rebaixado a distrito.

1944 – São Bernardo, distrito, recupera sua autonomia, mesmo perdendo uma faixa territorial considerável, de São Caetano a Paranapiacaba, ao longo da Estrada de Ferro. Em 1945 o hoje Grande ABC passava a ser constituído por dois municípios: Santo André e São Bernardo ‘do Campo’.

1948 – Surge o terceiro município, São Caetano, agora com o apêndice ‘do Sul’ no nome. Nascia o ABC.

Década de 1950 – Mais três municípios obtêm a emancipação político-administrativa: Mauá, Ribeirão Pires e Diadema.

Década de 1960 – Formam-se as sete cidades, com a autonomia de Rio Grande, antiga Estação da SPR, agora com o apêndice ‘da Serra’ no nome.

 

SÃO CAETANO

E por que dizemos que o exemplo vem de São Caetano? Porque São Caetano jamais deixou de celebrar o seu movimento autonomista, cuja data básica é o dia 24 de outubro, dia do plebiscito – o primeiro realizado no Grande ABC, como fruto da última Constituição. A figura constitucional do plebiscito nasceu de emenda da bancada comunista, em seu breve momento de legalidade.

 

SÃO BERNARDO

Por muitos anos São Bernardo celebrou sua emancipação, reportando-se ao líder Wallace Simonsen e demais lideranças. Todos faleceram. Hoje ninguém coloca ao menos uma flor junto ao busto de Simonsen, na Praça Lauro Gomes.

 

TEMPOS IMEMORIAIS

E o que dizer dos autonomistas que conquistaram a Freguesia e o Município de São Bernardo? Quem se lembra deles? Quem sabe seus nomes?

 

CONTEMPORÂNEOS

Mesmo Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra não celebram, como deveriam, as datas de suas independências, em que pese a sobrevivência de vários e vários autonomistas.

 

O EXEMPLO

São Caetano não. E o maior exemplo será vivido amanhã. Se a grande maioria dos 95 líderes autonomistas de São Caetano partiu, a cidade resolve, em tão boa hora, reunir os descendentes dos líderes. Imaginem que festa acontecerá amanhã na USCS. Uma justa homenagem àqueles cidadãos que lutaram por uma causa e se orgulham dela.

 

MESAS-REDONDAS

Quanto a nós, do Diário, em várias oportunidades reunimos lideranças autonomistas de São Caetano para registros dos detalhes que a história oficial se esquece.

A primeira vez foi em 1977, a segunda em 1986. E com que tristeza se observa que todos aqueles homens reunidos primeiro na Redação e depois no Museu de São Caetano já não estão entre nós. Ficaram: seus relatos e a emoção nas vozes gravadas e repassadas pelo jornal ao Museu Municipal de São Caetano, hoje parte integrante da Fundação Pró-Memória.

 

Homenagem aos 95 líderes autonomistas de São Caetano

Iniciativa: Gama, Grupo dos Amigos da Autonomia de São Caetano.

Data: amanhã, sábado dia 15, às 10h.

Local:Auditório da Universidade Municipal de São Caetano, campus Barcelona

Endereço: Av. Goiás, 3.400 – São Caetano

Mario Porfirio Rodrigues, presidente emérito

Francisco Antonio Soelti, presidente

 

Jubileu de Fatima

Festa na Vila Marlene, em São Bernardo, pelos 50 anos da Paróquia Nossa Senhora de Fátima.

Hoje, quinto dia do tríduo.

Missas às 12h, 15h e 19h30.

A Matriz de Vila Marlene fica entre a Avenida Kennedy e o km 18 da Via Anchieta.

 

Diário há 30 anos

Terça-feira, 14 de outubro de 1986 – ano 29, edição 6263

Manchete – Inflação de setembro fica em 1,72%

Santo André – Construtoras lançam 40 edifícios de alto padrão no 2º Subdistrito, em Utinga.

Imprensa – Jornalista Roberto Baschera, do Diário, ganha menção honrosa do Prêmio Herzog de Jornalismo com a matéria ‘A crua discriminação racial no mercado de trabalho’, categoria Grande Imprensa Escrita.

 

Em 14 de julho de...
1916 – Chove abundantemente em Ribeirão Pires. Ruas tornam-se intransitáveis. Providências são pedidas ao subprefeito.

A guerra. Do noticiário do Estadão: a ofensiva italiana na frente Júlia. Grandes perdas austríacas: 24 mil baixas.

1951 – Eleições municipais: Fioravante Zampol eleito prefeito de Santo André, Lauro Gomes eleito prefeito de São Bernardo

 

Hoje
Dia Nacional da Pecuária

Dia da Comunidade Espanhola no Estado de São Paulo

Dia Nacional do Meteorologista. Lembra a lei número 6835, de 14-10-1980, que regulamentou a profissão. Anteriormente a data era comemorada em 3 de março.

Município Paulista

Hoje é o aniversário de Ferraz de Vasconcelos, na Grande São Paulo. Elevado a município em 1953, quando se separa de Poá.

 

Municípios Brasileiros

Celebram seus aniversários em 14 de outubro:

Em Goiás, Amorinópolis, Piranhas e São Domingos.

Em Tocantins, Ananás, Axixá do Tocantins e Sítio Novo do Tocantins.

No Rio Grande do Sul, Guaíba.

Na Paraíba, Montadas.

Fonte: IBGE.

 

Santos do Dia
São Calisto I era romano. Foi papa entre os anos 217 e 222. Concluiu o trabalho nas catacumbas romanas, conhecidas hoje pelo seu nome. No local em que foi morto acha-se a igreja de Santa Maria, em Trastevere, Roma.

Fortunata

Evaristo



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Autonomistas. O exemplo que vem de São Caetano

Ademir Medici

14/10/2016 | 07:00


São Caetano não foi a primeira cidade do Grande ABC a promover, e vencer, uma campanha autonomista. Antes de 1948 pelo menos mais quatro movimentos vitoriosos do gênero ocorreram, a saber:

1812 – A população esparsa da Borda do Campo luta pela criação da Freguesia de São Bernardo e ganha novo status como território da Capital, São Paulo. A maior conquista foi ter a primeira paróquia – no caso a da Boa Viagem – e um cartório civil.

1889 – Antigos brasileiros, imigrantes e a Igreja se irmanam e conseguem elevar a Freguesia de São Bernardo à categoria de município. A instalação ocorre no ano seguinte.

1938 – Em pleno regime ditatorial do Estado Novo, Santo André, distrito, se articula e consegue ser elevado à condição de sede do município, passando a perna em São Bernardo. O Município de São Bernardo, antiga Freguesia, passa a se chamar Município de Santo André, com instalação no ano seguinte. São Bernardo, vila, é rebaixado a distrito.

1944 – São Bernardo, distrito, recupera sua autonomia, mesmo perdendo uma faixa territorial considerável, de São Caetano a Paranapiacaba, ao longo da Estrada de Ferro. Em 1945 o hoje Grande ABC passava a ser constituído por dois municípios: Santo André e São Bernardo ‘do Campo’.

1948 – Surge o terceiro município, São Caetano, agora com o apêndice ‘do Sul’ no nome. Nascia o ABC.

Década de 1950 – Mais três municípios obtêm a emancipação político-administrativa: Mauá, Ribeirão Pires e Diadema.

Década de 1960 – Formam-se as sete cidades, com a autonomia de Rio Grande, antiga Estação da SPR, agora com o apêndice ‘da Serra’ no nome.

 

SÃO CAETANO

E por que dizemos que o exemplo vem de São Caetano? Porque São Caetano jamais deixou de celebrar o seu movimento autonomista, cuja data básica é o dia 24 de outubro, dia do plebiscito – o primeiro realizado no Grande ABC, como fruto da última Constituição. A figura constitucional do plebiscito nasceu de emenda da bancada comunista, em seu breve momento de legalidade.

 

SÃO BERNARDO

Por muitos anos São Bernardo celebrou sua emancipação, reportando-se ao líder Wallace Simonsen e demais lideranças. Todos faleceram. Hoje ninguém coloca ao menos uma flor junto ao busto de Simonsen, na Praça Lauro Gomes.

 

TEMPOS IMEMORIAIS

E o que dizer dos autonomistas que conquistaram a Freguesia e o Município de São Bernardo? Quem se lembra deles? Quem sabe seus nomes?

 

CONTEMPORÂNEOS

Mesmo Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra não celebram, como deveriam, as datas de suas independências, em que pese a sobrevivência de vários e vários autonomistas.

 

O EXEMPLO

São Caetano não. E o maior exemplo será vivido amanhã. Se a grande maioria dos 95 líderes autonomistas de São Caetano partiu, a cidade resolve, em tão boa hora, reunir os descendentes dos líderes. Imaginem que festa acontecerá amanhã na USCS. Uma justa homenagem àqueles cidadãos que lutaram por uma causa e se orgulham dela.

 

MESAS-REDONDAS

Quanto a nós, do Diário, em várias oportunidades reunimos lideranças autonomistas de São Caetano para registros dos detalhes que a história oficial se esquece.

A primeira vez foi em 1977, a segunda em 1986. E com que tristeza se observa que todos aqueles homens reunidos primeiro na Redação e depois no Museu de São Caetano já não estão entre nós. Ficaram: seus relatos e a emoção nas vozes gravadas e repassadas pelo jornal ao Museu Municipal de São Caetano, hoje parte integrante da Fundação Pró-Memória.

 

Homenagem aos 95 líderes autonomistas de São Caetano

Iniciativa: Gama, Grupo dos Amigos da Autonomia de São Caetano.

Data: amanhã, sábado dia 15, às 10h.

Local:Auditório da Universidade Municipal de São Caetano, campus Barcelona

Endereço: Av. Goiás, 3.400 – São Caetano

Mario Porfirio Rodrigues, presidente emérito

Francisco Antonio Soelti, presidente

 

Jubileu de Fatima

Festa na Vila Marlene, em São Bernardo, pelos 50 anos da Paróquia Nossa Senhora de Fátima.

Hoje, quinto dia do tríduo.

Missas às 12h, 15h e 19h30.

A Matriz de Vila Marlene fica entre a Avenida Kennedy e o km 18 da Via Anchieta.

 

Diário há 30 anos

Terça-feira, 14 de outubro de 1986 – ano 29, edição 6263

Manchete – Inflação de setembro fica em 1,72%

Santo André – Construtoras lançam 40 edifícios de alto padrão no 2º Subdistrito, em Utinga.

Imprensa – Jornalista Roberto Baschera, do Diário, ganha menção honrosa do Prêmio Herzog de Jornalismo com a matéria ‘A crua discriminação racial no mercado de trabalho’, categoria Grande Imprensa Escrita.

 

Em 14 de julho de...
1916 – Chove abundantemente em Ribeirão Pires. Ruas tornam-se intransitáveis. Providências são pedidas ao subprefeito.

A guerra. Do noticiário do Estadão: a ofensiva italiana na frente Júlia. Grandes perdas austríacas: 24 mil baixas.

1951 – Eleições municipais: Fioravante Zampol eleito prefeito de Santo André, Lauro Gomes eleito prefeito de São Bernardo

 

Hoje
Dia Nacional da Pecuária

Dia da Comunidade Espanhola no Estado de São Paulo

Dia Nacional do Meteorologista. Lembra a lei número 6835, de 14-10-1980, que regulamentou a profissão. Anteriormente a data era comemorada em 3 de março.

Município Paulista

Hoje é o aniversário de Ferraz de Vasconcelos, na Grande São Paulo. Elevado a município em 1953, quando se separa de Poá.

 

Municípios Brasileiros

Celebram seus aniversários em 14 de outubro:

Em Goiás, Amorinópolis, Piranhas e São Domingos.

Em Tocantins, Ananás, Axixá do Tocantins e Sítio Novo do Tocantins.

No Rio Grande do Sul, Guaíba.

Na Paraíba, Montadas.

Fonte: IBGE.

 

Santos do Dia
São Calisto I era romano. Foi papa entre os anos 217 e 222. Concluiu o trabalho nas catacumbas romanas, conhecidas hoje pelo seu nome. No local em que foi morto acha-se a igreja de Santa Maria, em Trastevere, Roma.

Fortunata

Evaristo

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;