Fechar
Publicidade

Domingo, 15 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

S&P rebaixa rating do Rio



20/09/2016 | 07:00


A agência de classificação de risco Standard & Poor's (S&P) rebaixou ontem o rating global do Estado do Rio de Janeiro de CCC- para SD. A nota na escala nacional também caiu de brCCC- para SD.

A sigla indica "calote seletivo" e expressa o atraso do pagamento de uma dívida de US$ 46 milhões entre o Rio de Janeiro e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Como o contrato não cita um período de carência, a S&P adotou critério próprio para considerar o calote seletivo. A agência dá um prazo de cinco dias úteis para que a dívida seja saldada. Passado esse período, decide pelo rebaixamento do rating.

"Caso o Estado quite essa dívida, poderemos elevar o rating, desde que não haja atraso do pagamento de outras dívidas e dependendo da nossa avaliação sobre o perfil geral de crédito do Rio", diz a nota da S&P.

Na quinta-feira da semana passada, 15, a Fitch anunciou o segundo rebaixamento do rating do Estado neste ano, passando de A- para BB-, considerado mau pagador. Em maio, a nota de crédito nacional já tinha sido rebaixada de A para A-.

A agência informou que a medida foi tomada porque o Rio não havia cumprido obrigações no período entre maio e setembro, e teria débitos superiores a US$ 160 milhões em títulos.

"A nota também reflete níveis excepcionalmente altos de risco de crédito. A Fitch não espera que o Rio tenha capacidade financeira ou fiscal de honrar as dívidas que vencem no quarto trimestre de 2016", avaliou a agência, em comunicado.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

S&P rebaixa rating do Rio


20/09/2016 | 07:00


A agência de classificação de risco Standard & Poor's (S&P) rebaixou ontem o rating global do Estado do Rio de Janeiro de CCC- para SD. A nota na escala nacional também caiu de brCCC- para SD.

A sigla indica "calote seletivo" e expressa o atraso do pagamento de uma dívida de US$ 46 milhões entre o Rio de Janeiro e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Como o contrato não cita um período de carência, a S&P adotou critério próprio para considerar o calote seletivo. A agência dá um prazo de cinco dias úteis para que a dívida seja saldada. Passado esse período, decide pelo rebaixamento do rating.

"Caso o Estado quite essa dívida, poderemos elevar o rating, desde que não haja atraso do pagamento de outras dívidas e dependendo da nossa avaliação sobre o perfil geral de crédito do Rio", diz a nota da S&P.

Na quinta-feira da semana passada, 15, a Fitch anunciou o segundo rebaixamento do rating do Estado neste ano, passando de A- para BB-, considerado mau pagador. Em maio, a nota de crédito nacional já tinha sido rebaixada de A para A-.

A agência informou que a medida foi tomada porque o Rio não havia cumprido obrigações no período entre maio e setembro, e teria débitos superiores a US$ 160 milhões em títulos.

"A nota também reflete níveis excepcionalmente altos de risco de crédito. A Fitch não espera que o Rio tenha capacidade financeira ou fiscal de honrar as dívidas que vencem no quarto trimestre de 2016", avaliou a agência, em comunicado.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;