Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Murray volta a sentir dor, mas supera sul-africano e fatura 600ª da carreira



19/08/2016 | 00:27


O escocês Andy Murray voltou a sentir dores em quadra, na noite desta quinta-feira, no Masters 1000 de Cincinnati, mas não deixou escapar sua 600ª vitória no circuito profissional. Bicampeão olímpico no Rio-2016, o tenista britânico derrotou o sul-africano Kevin Anderson por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/2.

Murray dominou a partida desde o começo nesta quinta, no piso duro da competição norte-americana, mas não escondeu o desconforto no ombro direito. Tanto que colocou em quadra apenas 45% do seu primeiro saque. Durante a partida, reclamou também de dores nas costas. Mesmo assim, garantiu sua vaga nas quartas de final no torneio do qual é o maior favorito ao título.

Em busca da vaga na semifinal, o número dois do mundo vai enfrentar o australiano Bernard Tomic que, mais cedo, eliminara o japonês Kei Nishikori, medalha de bronze na Olimpíada do Rio. Será o quinto duelo entre Murray e Tomic no circuito. O escocês venceu as quatro partidas já disputadas entre eles.

Outro favorito ao título, o canadense Milos Raonic eliminou outro japonês da chave, Yuichi Sugita, por 6/1, 3/6 e 6/1. Nas quartas, o tenista do Canadá vai encarar o austríaco Dominic Thiem, que avançou na chave diante da desistência do francês Gael Monfils. Se confirmarem o favoritismo, Raonic e Murray poderão se enfrentar na semifinal, reeditando a final de Wimbledon, vencida pelo britânico.

Ainda nesta quinta, o croata Marin Cilic despachou o checo Tomas Berdych em jogo equilibrado, com parciais de 6/3, 4/6 e 6/4. Nas quartas, Cilic vai ter pela frente seu compatriota Borna Coric, maior surpresa do dia ao eliminar o cansado espanhol Rafael Nadal, abatido após sequência de jogos na Olimpíada.

FEMININO - Na outra chave de simples de Cincinnati, duas cabeças de chave tiveram destinos opostos nesta quinta. A espanhola Garbiñe Muguruza se garantiu nas quartas de final ao derrotar a russa Anastasia Pavlyuchenkova por 7/5 e 6/1. Já a eslovaca Dominika Cibulkova foi eliminada pela húngara Timea Babos por 4/6, 6/3 e 6/1. No duelo pela vaga na semifinal, Muguruza vai enfrentar justamente Timea Babos, nesta sexta-feira.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Murray volta a sentir dor, mas supera sul-africano e fatura 600ª da carreira


19/08/2016 | 00:27


O escocês Andy Murray voltou a sentir dores em quadra, na noite desta quinta-feira, no Masters 1000 de Cincinnati, mas não deixou escapar sua 600ª vitória no circuito profissional. Bicampeão olímpico no Rio-2016, o tenista britânico derrotou o sul-africano Kevin Anderson por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/2.

Murray dominou a partida desde o começo nesta quinta, no piso duro da competição norte-americana, mas não escondeu o desconforto no ombro direito. Tanto que colocou em quadra apenas 45% do seu primeiro saque. Durante a partida, reclamou também de dores nas costas. Mesmo assim, garantiu sua vaga nas quartas de final no torneio do qual é o maior favorito ao título.

Em busca da vaga na semifinal, o número dois do mundo vai enfrentar o australiano Bernard Tomic que, mais cedo, eliminara o japonês Kei Nishikori, medalha de bronze na Olimpíada do Rio. Será o quinto duelo entre Murray e Tomic no circuito. O escocês venceu as quatro partidas já disputadas entre eles.

Outro favorito ao título, o canadense Milos Raonic eliminou outro japonês da chave, Yuichi Sugita, por 6/1, 3/6 e 6/1. Nas quartas, o tenista do Canadá vai encarar o austríaco Dominic Thiem, que avançou na chave diante da desistência do francês Gael Monfils. Se confirmarem o favoritismo, Raonic e Murray poderão se enfrentar na semifinal, reeditando a final de Wimbledon, vencida pelo britânico.

Ainda nesta quinta, o croata Marin Cilic despachou o checo Tomas Berdych em jogo equilibrado, com parciais de 6/3, 4/6 e 6/4. Nas quartas, Cilic vai ter pela frente seu compatriota Borna Coric, maior surpresa do dia ao eliminar o cansado espanhol Rafael Nadal, abatido após sequência de jogos na Olimpíada.

FEMININO - Na outra chave de simples de Cincinnati, duas cabeças de chave tiveram destinos opostos nesta quinta. A espanhola Garbiñe Muguruza se garantiu nas quartas de final ao derrotar a russa Anastasia Pavlyuchenkova por 7/5 e 6/1. Já a eslovaca Dominika Cibulkova foi eliminada pela húngara Timea Babos por 4/6, 6/3 e 6/1. No duelo pela vaga na semifinal, Muguruza vai enfrentar justamente Timea Babos, nesta sexta-feira.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;