Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Pressionado, Palmeiras reencontra River pela Libertadores

Cesar Greco/Palmeiras  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Com início de ano aquém do esperado, Verdão pega time uruguaio vencido na pré-temporada


Felipe Simões
Do Diário do Grande ABC

16/02/2016 | 07:00


Em 21 de janeiro, o Palmeiras venceu, por 4 a 0, o River Plate, do Uruguai, em jogo treino da pré-temporada disputado no país vizinho. Hoje, 16 de fevereiro, a história será bem diferente. Desta vez, o duelo das 21h45, em Maldonado, vale, e muito – é a estreia na fase de grupos da Libertadores. Os uruguaios vêm de classificação na primeira fase da competição, quando eliminaram o Universad de Chile, com vitória por 2 a 0 em casa e empate sem gols em território chileno.

Apesar do confronto recente e o placar elástico, o Verdão negou que o último resultado tenha alguma influência no duelo de hoje à noite.

“O último jogo que vimos deles (River Plate) teve apenas quatro jogadores daquele amistoso. Era jogo treino em campo pequeno”, afirmou o atacante Rafael Marques. “O que deu para ver foram os jogos que fizeram na classificação. É um time rápido. Quando perde a bola no ataque, já procura dar pressão”, alertou o jogador.

Na chegada ao Uruguai, o atacante Dudu minimizou os resultados ruins do Palmeiras no início da temporada, e projetou bom jogo diante dos uruguaios.

“Está tranquilo. É o começo de um trabalho, agora tem início a competição que a gente queria disputar desde quando acabou o jogo contra o Santos (a final da Copa do Brasil). Temos tudo para fazer uma grande partida e sair com a vitória”, destacou o camisa 7.

Para o duelo, o técnico Marcelo Oliveira terá força máxima à disposição. Ele poupou a maioria dos titulares no último duelo, diante do Linense, e tem o elenco descansado para o confronto, que promete ser fisicamente desgastante.

Gabriel Jesus usará camisa 12 em homenagem a Marcos

Foi definida ontem a numeração do Palmeiras para a Libertadores. Como as camisas vão de 1 a 30, alguns atletas tiveram de mudar o número de seus uniformes para a competição. Um deles foi o atacante Gabriel Jesus, xodó da torcida. Tradicionalmente, ele utiliza a camisa 33, mas terá às costas o 12, em homenagem a Marcos, que brilhou na Libertadores de 1999, conquistada pelo clube.

Outro ponto que chamou a atenção foi a ausência do zagueiro Leandro Almeida. Após falhas graves, o defensor não inscrito na Libertadores, assim como o volante Moisés, que fraturou o pé direito e ficará fora dos gramados por quatro meses.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pressionado, Palmeiras reencontra River pela Libertadores

Com início de ano aquém do esperado, Verdão pega time uruguaio vencido na pré-temporada

Felipe Simões
Do Diário do Grande ABC

16/02/2016 | 07:00


Em 21 de janeiro, o Palmeiras venceu, por 4 a 0, o River Plate, do Uruguai, em jogo treino da pré-temporada disputado no país vizinho. Hoje, 16 de fevereiro, a história será bem diferente. Desta vez, o duelo das 21h45, em Maldonado, vale, e muito – é a estreia na fase de grupos da Libertadores. Os uruguaios vêm de classificação na primeira fase da competição, quando eliminaram o Universad de Chile, com vitória por 2 a 0 em casa e empate sem gols em território chileno.

Apesar do confronto recente e o placar elástico, o Verdão negou que o último resultado tenha alguma influência no duelo de hoje à noite.

“O último jogo que vimos deles (River Plate) teve apenas quatro jogadores daquele amistoso. Era jogo treino em campo pequeno”, afirmou o atacante Rafael Marques. “O que deu para ver foram os jogos que fizeram na classificação. É um time rápido. Quando perde a bola no ataque, já procura dar pressão”, alertou o jogador.

Na chegada ao Uruguai, o atacante Dudu minimizou os resultados ruins do Palmeiras no início da temporada, e projetou bom jogo diante dos uruguaios.

“Está tranquilo. É o começo de um trabalho, agora tem início a competição que a gente queria disputar desde quando acabou o jogo contra o Santos (a final da Copa do Brasil). Temos tudo para fazer uma grande partida e sair com a vitória”, destacou o camisa 7.

Para o duelo, o técnico Marcelo Oliveira terá força máxima à disposição. Ele poupou a maioria dos titulares no último duelo, diante do Linense, e tem o elenco descansado para o confronto, que promete ser fisicamente desgastante.

Gabriel Jesus usará camisa 12 em homenagem a Marcos

Foi definida ontem a numeração do Palmeiras para a Libertadores. Como as camisas vão de 1 a 30, alguns atletas tiveram de mudar o número de seus uniformes para a competição. Um deles foi o atacante Gabriel Jesus, xodó da torcida. Tradicionalmente, ele utiliza a camisa 33, mas terá às costas o 12, em homenagem a Marcos, que brilhou na Libertadores de 1999, conquistada pelo clube.

Outro ponto que chamou a atenção foi a ausência do zagueiro Leandro Almeida. Após falhas graves, o defensor não inscrito na Libertadores, assim como o volante Moisés, que fraturou o pé direito e ficará fora dos gramados por quatro meses.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;