Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Automóveis

automoveis@dgabc.com.br | 4435-8337

Revisões do Nissan Leaf custam 30% a menos que as de um carro a combustão

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Da Redação, com assessoria
Do Garagem360

23/08/2019 | 12:18


Além de ser um veículo zero emissões, o Nissan Leaf pode ser mais econômico que um modelo convencional na hora da manutenção. Somadas as revisões obrigatórias feitas na rede autorizada da marca até os 60 mil km, o elétrico totaliza um valor bem mais baixo que um veículo movido a combustão. Em todas essas seis revisões, o proprietário desembolsará R$ 2.404 (com mão de obra inclusa em todas), que é pelo menos 30% menor em relação a carros movidos a combustão de porte médio.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Revisões do Nissan Leaf

Como é um carro que não tem as engrenagens comuns de um veículo movido a combustão, o Leaf tem uma manutenção diferenciada, que inclui a inspeção das portas de carregamento e dos rotores e um relatório do uso da bateria. Claro que itens importantes para qualquer tipo de veículo também são revisados, como pastilhas e componentes do freio (para folgas, curso e operações livres), fechaduras, sistema de suspensão, dobradiças e trincos.

LEIA MAIS: Saiba quais são os carros populares mais roubados do Brasil

Testamos: Toyota Yaris XLS é uma das opções mais racionais do segmento

Em algumas das revisões são trocados itens como filtro de ar-condicionado e fluído de freio e são feitas inspeções e verificações de sistemas do veículo.

Na galeria, confira alguns dos modelos eletrificados que já rodam no Brasil.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Revisões do Nissan Leaf custam 30% a menos que as de um carro a combustão

Da Redação, com assessoria
Do Garagem360

23/08/2019 | 12:18


Além de ser um veículo zero emissões, o Nissan Leaf pode ser mais econômico que um modelo convencional na hora da manutenção. Somadas as revisões obrigatórias feitas na rede autorizada da marca até os 60 mil km, o elétrico totaliza um valor bem mais baixo que um veículo movido a combustão. Em todas essas seis revisões, o proprietário desembolsará R$ 2.404 (com mão de obra inclusa em todas), que é pelo menos 30% menor em relação a carros movidos a combustão de porte médio.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Revisões do Nissan Leaf

Como é um carro que não tem as engrenagens comuns de um veículo movido a combustão, o Leaf tem uma manutenção diferenciada, que inclui a inspeção das portas de carregamento e dos rotores e um relatório do uso da bateria. Claro que itens importantes para qualquer tipo de veículo também são revisados, como pastilhas e componentes do freio (para folgas, curso e operações livres), fechaduras, sistema de suspensão, dobradiças e trincos.

LEIA MAIS: Saiba quais são os carros populares mais roubados do Brasil

Testamos: Toyota Yaris XLS é uma das opções mais racionais do segmento

Em algumas das revisões são trocados itens como filtro de ar-condicionado e fluído de freio e são feitas inspeções e verificações de sistemas do veículo.

Na galeria, confira alguns dos modelos eletrificados que já rodam no Brasil.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;