Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 13 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Feriado lota clubes e parques no ABC


Ana Macchi
Do Diário do Grande ABC

01/05/2003 | 20:23


Moradores da região que não viajaram aproveitaram o feriado em comemoração ao Dia do Trabalho para ficar em casa e descansar em parques e clubes do Grande ABC. A falta de dinheiro e a proximidade do último feriado de Páscoa foi o motivo de muitas pessoas terem evitado pegar a estrada para o litoral ou interior.

Nos dois últimos dias, o trânsito foi tranqüilo nas estradas e não havia superlotação nas rodoviárias. “É Dia do Trabalho, mas não tenho dinheiro para viajar. Meu passeio é ir ao parque”, disse a recepcionista Eliana Freitas, 39 anos, que acompanhava seu filho Fernando, 4, no Espaço Verde Chico Mendes, em São Caetano.

Parques e clubes da região apresentavam a mesma lotação que as registradas nos fins de semana de sol forte no verão. No Sesc Tamarutaca, em Santo André, passaram cinco mil sócios até as 16h desta quinta. Aulas de dança, piscina e oficinas atraíram a atenção de crianças e adolescentes. “Hoje (quinta), estou de folga, mas amanhã terei de trabalhar. Por isso, meus planos de viajar foram para o espaço’”, disse o bancário Rodrigo Leite dos Santos, 22 anos. Sua irmã, Daniela, 18, vive o mesmo problema. “Não deu para emendar. Então a saída foi tentar pegar um pouco de sol na piscina.”

A movimentação de crianças no Parque Celso Daniel, em Santo André, era até mais intensa do que a registrada no Dia das Crianças do ano passado. Havia fila para brincar no playground do parque. “Não tem lugar para ficar. Tá difícil brincar”, disse Ítalo, 8 anos, filho da pedagoga Lucimar Paciola, 33. “Não pensei que iria estar tão cheio. Amanhã (sexta) vou à praia levar meu filho para passear”, disse a profissional liberal Salete Cortes, 39, que foi ao parque com Érico, 7. “No último feriado fomos para Ilha Bela. Nesse, preferimos pegar um cinema e descansar”, contou.

Quem foi ao parque correr também não conseguiu. A Guarda Municipal estima que cinco mil pessoas estiveram no Celso Daniel na tarde desta quinta. Em São Bernardo, ao invés de ir à praia, muitas pessoas aproveitaram a tarde ensolarada para andar de barco na prainha do Riacho Grande.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Feriado lota clubes e parques no ABC

Ana Macchi
Do Diário do Grande ABC

01/05/2003 | 20:23


Moradores da região que não viajaram aproveitaram o feriado em comemoração ao Dia do Trabalho para ficar em casa e descansar em parques e clubes do Grande ABC. A falta de dinheiro e a proximidade do último feriado de Páscoa foi o motivo de muitas pessoas terem evitado pegar a estrada para o litoral ou interior.

Nos dois últimos dias, o trânsito foi tranqüilo nas estradas e não havia superlotação nas rodoviárias. “É Dia do Trabalho, mas não tenho dinheiro para viajar. Meu passeio é ir ao parque”, disse a recepcionista Eliana Freitas, 39 anos, que acompanhava seu filho Fernando, 4, no Espaço Verde Chico Mendes, em São Caetano.

Parques e clubes da região apresentavam a mesma lotação que as registradas nos fins de semana de sol forte no verão. No Sesc Tamarutaca, em Santo André, passaram cinco mil sócios até as 16h desta quinta. Aulas de dança, piscina e oficinas atraíram a atenção de crianças e adolescentes. “Hoje (quinta), estou de folga, mas amanhã terei de trabalhar. Por isso, meus planos de viajar foram para o espaço’”, disse o bancário Rodrigo Leite dos Santos, 22 anos. Sua irmã, Daniela, 18, vive o mesmo problema. “Não deu para emendar. Então a saída foi tentar pegar um pouco de sol na piscina.”

A movimentação de crianças no Parque Celso Daniel, em Santo André, era até mais intensa do que a registrada no Dia das Crianças do ano passado. Havia fila para brincar no playground do parque. “Não tem lugar para ficar. Tá difícil brincar”, disse Ítalo, 8 anos, filho da pedagoga Lucimar Paciola, 33. “Não pensei que iria estar tão cheio. Amanhã (sexta) vou à praia levar meu filho para passear”, disse a profissional liberal Salete Cortes, 39, que foi ao parque com Érico, 7. “No último feriado fomos para Ilha Bela. Nesse, preferimos pegar um cinema e descansar”, contou.

Quem foi ao parque correr também não conseguiu. A Guarda Municipal estima que cinco mil pessoas estiveram no Celso Daniel na tarde desta quinta. Em São Bernardo, ao invés de ir à praia, muitas pessoas aproveitaram a tarde ensolarada para andar de barco na prainha do Riacho Grande.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;