Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 29 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Setor de vendas direta cresce 19% no ano


Do Diário do Grande ABC

03/11/2010 | 07:01


O volume de negócios das vendas diretas subiu 19% e somou R$ 18,56 bilhões no acumulado entre janeiro e setembro ante o mesmo período do ano passado. Os dados são do balanço da ABEVD(Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas).

No terceiro trimestre deste ano, o volume de negócios foi de R$ 6,8 bilhões, índice 15,3% maior do que o registrado em igual período de 2009. O setor também oscilou positivamente em indicadores como produtividade, cujo aumento foi de 5,6%, e número de revendedores ativos, que saltou de 2,4 milhões para 2,7 milhões, alta de 12,6%.

Para Paulo Quaglia, presidente da ABEVD, os dados confirmam a solidez e a importância do segmento para a economia do País. "Sem falar que o aumento constante no número de revendedores cadastrados revela que as vendas diretas cumprem importante papel social em termos de geração de renda", completa.

DIVERSIDADE - O fato de o setor ter se mostrado à prova de crises está promovendo alterações no perfil dos revendedores, consultores e distribuidores que atuam no segmento. "A venda direta tornou-se atrativa opção de carreira para estudantes, aposentados e profissionais liberais, além de servir de inspiração para parcela cada vez maior de novos empreendedores", revela Quaglia.

As vendas diretas constituem setor cada vez mais relevante para a economia, responsável pela contribuição fiscal da comercialização de produtos e serviços realizada por milhões de revendedores autônomos. É composto por empresas de segmentos diversos como cuidados pessoais, do lar, serviços e outros.

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Setor de vendas direta cresce 19% no ano

Do Diário do Grande ABC

03/11/2010 | 07:01


O volume de negócios das vendas diretas subiu 19% e somou R$ 18,56 bilhões no acumulado entre janeiro e setembro ante o mesmo período do ano passado. Os dados são do balanço da ABEVD(Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas).

No terceiro trimestre deste ano, o volume de negócios foi de R$ 6,8 bilhões, índice 15,3% maior do que o registrado em igual período de 2009. O setor também oscilou positivamente em indicadores como produtividade, cujo aumento foi de 5,6%, e número de revendedores ativos, que saltou de 2,4 milhões para 2,7 milhões, alta de 12,6%.

Para Paulo Quaglia, presidente da ABEVD, os dados confirmam a solidez e a importância do segmento para a economia do País. "Sem falar que o aumento constante no número de revendedores cadastrados revela que as vendas diretas cumprem importante papel social em termos de geração de renda", completa.

DIVERSIDADE - O fato de o setor ter se mostrado à prova de crises está promovendo alterações no perfil dos revendedores, consultores e distribuidores que atuam no segmento. "A venda direta tornou-se atrativa opção de carreira para estudantes, aposentados e profissionais liberais, além de servir de inspiração para parcela cada vez maior de novos empreendedores", revela Quaglia.

As vendas diretas constituem setor cada vez mais relevante para a economia, responsável pela contribuição fiscal da comercialização de produtos e serviços realizada por milhões de revendedores autônomos. É composto por empresas de segmentos diversos como cuidados pessoais, do lar, serviços e outros.

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;