Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Pedestres cobram iluminação em passarela

André Henriques/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Pelo menos 20 de 40 lâmpadas foram arrancadas em passagem localizada na Vila Magini, em Mauá


Bianca Barbosa
especial para o Diário

21/11/2018 | 07:00


Iluminação faz diferença para quem é obrigado a circular pela cidade no período noturno. Pelo menos é o que destacam pedestres que utilizam a passarela da Vila Magini, em Mauá, localizada na Avenida Antônia Rosa Fioravante, entre a Fatec (Faculdade de Tecnologia) e o Mauá Plaza Shopping. O ponto está, há mais de duas semanas, às escuras. Das 40 lâmpadas da passagem, 20 foram arrancadas ou estão completamente quebradas e o restante tem fios soltos.

Conforme os transeuntes, o local ganhou fama de “perigoso” e, por isso, evitam passar pela área. “Durante o dia eu já corro, imagine à noite. Volto do trabalho às 20h. Mesmo sendo um horário movimentado, não posso dar bobeira”, observa a vendedora Alessandra Uziel dos Santos, 25 anos. Todo o receio tem motivo. Ela já foi assaltada na escada da passarela, “Levaram o celular e uns trocados”, conta.

O ambulante Michael Andrade Cuba, 18, que vende fones de ouvido na área central, prefere ir embora antes de anoitecer. “Já vi muita coisa acontecendo aqui”, falou ao lembrar de episódio em que testemunhou um menino levando a bolsa de uma senhora no fim da tarde. “A gente se sente impotente.”

Diante dos problemas em relação à iluminação, a situação estrutural da passarela é até ignorada pelos pedestres, que já se acostumaram com o lixo ao longo da passagem e ferrugem corroendo a estrutura metálica.

A Prefeitura de Mauá e a Secretaria da Segurança do Estado de São Paulo não se pronunciaram sobre os problemas até o fechamento desta edição. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;