Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 5 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

dmais@dgabc.com.br | 4435-8396

Voluntários fazem evento animal em S.Caetano

Claudinei Plaza/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Marcela Munhoz
Do Diário do Grande ABC

24/09/2012 | 07:00


Claudinei Plaza

A Avenida Presidente Kennedy, em São Caetano, recebeu visitas ilustres na manhã e tarde de ontem. Além dos cães e gatos que já passeiam no local aos fins de semana, outros pets e seus donos participaram de evento promovido por ONGs de proteção animal da cidade.

Com o lema Minha Causa é Animal voluntários se reuniram para informar, identificar, vacinar e encontrar novos lares para cachorros e felinos abandonados. "Queremos que as pessoas tenham noção da importância de posse responsável. Não basta só querer um bichinho, é preciso dar uma vida digna a ele, seja vira-lata ou não", disse Jô Sperate Figueredo, idealizadora do evento.

Com a ajuda das ONGs Arca de Noé (www.portalarcadenoe.org.br) e Associação Protetora dos Animais de São Caetano (www.apascs.org.br), foram montadas tendas com serviços gratuitos ou com preços abaixo dos encontrados no mercado. "Tudo para atrair atenção aos animais que precisam de ajuda. Além da adoção, dá para oferecer trabalho voluntário, doação de ração e contribuição financeira", apontou Valéria Bruxino, da Arca de Noé. "Eles precisam de respeito, acima de tudo", complementou Sérgio Carlos Déa, da Associação de São Caetano.

Claudinei Plaza

Foram oferecidas vacinas V8, contra vários tipos de doença, incluindo a cinomose, plaquinhas gratuitas com o nome do pet, e colocação de chip com código, que ajuda a identificar o bicho e o dono. "Assim fica fácil encontrar animais perdidos e punir quem os abandona", explicou Denise Christina, gerente de marketing da empresa ControlPet.

A veterinária Cynthia de Melo e o socorrista e marido Luciano Pedroso, ambos de 37 anos, uniram o amor pelos bichos e a vocação médica. Eles criaram o serviço de saúde 24 horas com atendimento em casa e fizeram a triagem dos animais do evento antes da vacinação em ambulância equipada para o primeiro atendimento. "Já tivemos avanços como a criação do Hospital Público para pets e a delegacia especializada, mas ainda é pouco para eles ", contou a veterinária.

 

Claudinei Plaza

Pets adultos também precisam de um lar

Quando a técnica de enfermagem Solange Garrote, 38 anos, de São Caetano (foto acima), acordou na manhã de ontem, tinha certeza de que iria encontrar um amigo de quatro patas. Dito e feito. Voltou para casa com uma cadelinha adulta de 4 anos, castrada, vacinada e resgatada das ruas pelo protetor Paulo Cordeiro, 42. "É alegria imensa quando conseguimos uma casa, principalmente, para os adultos."

Trazer felicidade é a missão da nova companheira da técnica de enfermagem. "Meu pai está se recuperando de acidente vascular cerebral e adora animais. Também acabamos de perder um cachorro e estávamos sentindo falta", disse.

Com saudades dos gatos de 18 e 22 anos, que morreram há pouco tempo, a dona de casa Luciene Imperato, 34, resolveu adotar. Ela levou para seu lar dois gatos ainda bebês, como presente de Dia das Crianças para os filhos. "A gente se apaixonou por eles à primeira vista", declarou. Em quatro horas de evento, foram adotados 12 animais, entre cães e gatos.

Claudinei Plaza

A adoção só foi possível graças à solidariedade de pessoas como o aposentado Nilton Eugênio, 50 (foto acima). Ele levou para a feira animais adultos que moram perto de sua casa. Foi uma das tentativas de salvá-los. "Alguns vizinhos não gostam dos bichos e estão os ameaçando, mas não posso ficar com eles." Até o fim do evento não tinham sido adotados. Ficou interessado? Os bichinhos moram na praça da Riqueza, no bairro Prosperidade. Informações: 98703-6628 (Nilton).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;