Fechar
Publicidade

Domingo, 20 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Deivid vira português e quer jogar na seleção


Roberto Iizuka
Do Diário do Grande ABC
Com agências

04/09/2003 | 00:48


O carioca Deivid está mais perto da seleção. Não a brasileira, comandada por Carlos Alberto Parreira, e sim a portuguesa, dirigida por Luiz Felipe Scolari. O jogador entregou a documentação necessária para obter a nacionalidade portuguesa e pode compor dupla com Deco, outro brasileiro que se naturalizou português e foi convocado para a seleção nacional por Scolari.

O jogador do Bordeaux, da França, é casado com a portuguesa Juliana Carrilho, e com isso pode pleitear a nacionalidade portuguesa. Dessa maneira, o ex-atacante do Cruzeiro, Corinthians e Santos pode disputar a Eurocopa de 2004 com a camisa rubro-verde de Portugal, ao lado de Deco, Figo, Rui Costa, Pauleta e outros destaques do futebol português.

"A partir do momento que eu me tornar cidadão português, ou seja, comunitário, as perspectivas serão melhores, pois o mercado será maior", declarou o atacante ao jornal português A Bola.

Nascido em Nova Iguaçu, subúrbio do Rio de Janeiro, Deivid se transferiu neste ano para o futebol europeu. Em julho último ele foi vendido pelo Cruzeiro ao Bordeaux por US$ 5,1 milhões. O atacante deixou o futebol brasileiro como um dos artilheiros do Nacional, então com 15 gols.

Deivid assinou contrato de quatro anos com o clube francês, que contratou o brasileiro para substituir Pauleta, que se transferiu para o Paris-Saint Germain. Agora, Deivid, se for convocado por Scolari, vai disputar posição com Pauleta. O jogador, no entanto, corre o risco de enfrentar o mesmo problema de Deco, cuja convocação desagradou as estrelas da seleção portuguesa.

O Cruzeiro contratou Deivid no início deste ano, tirando o jogador do Corinthians, que por sua vez levou o atacante da Vila Belmiro para o Parque São Jorge, em 2001. O jogador acionou a Justiça do Trabalho, conseguiu a desvinculação com o Santos e assinou com rival Corinthians, clube pelo qual conquistou o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil, em 2002.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;